i

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Justiça condena pais de alunos a pagar R$ 15 mil por zombaria no Orkut

Jovens de Rondônia ridicularizaram professor na web, diz processo.
Indenização será dividida entre 19 pais de estudantes de Cacoal.

A Justiça de Rondônia condenou 19 pais de alunos de uma escola de Cacoal a pagar indenização de R$ 15 mil, no total, por danos morais a um professor da escola particular Daniel Berg. No processo, Juliomar Reis Penna alega que os estudantes criaram uma comunidade virtual no site de relacionamentos Orkut para “satirizar sua imagem perante colegas da escola onde ministra aulas de matemática”.

A decisão da 2ª Vara Cível de Cacoal, assinada em 28 de agosto pelo juiz Edenir Sebastião Albuquerque da Rosa, afirma que a divulgação de mensagens depreciativas denigre a imagem do professor, identificado por nome.

Na comunidade intitulada “vamos comprar uma calça nova para o leitão”, diz a Justiça, os alunos usaram linguagem chula e de baixo calão, com ameaças de depredação ao patrimônio do professor.

“Incumbe aos pais, por dever legal de vigilância, a responsabilidade pelos ilícitos cometidos por filhos incapazes sob sua guarda”, diz a decisão. No dia 20 de agosto, a Justiça determinou indenização de R$ 20 mil reais aos pais. Eles recorreram da decisão, e o valor a ser pago baixou para R$ 15 mil.

‘Brincadeira’

Na decisão que rebate a contestação dos pais, o juiz afirma que “as condutas ultrapassam, em muito, o que pode ser considerado ‘brincadeira’. Não é a pretexto de brincadeira que se justifica ofender a honra alheia ou se ameaça depredar o patrimônio alheio. Caso não saibam os apelantes, a ‘brincadeira’, quando ocorre, tem o consentimento e a empatia das partes envolvidas, e não foi assim que os fatos se deram”.

Além disso, o texto também diz que “o dever da vigilância é uma incumbência legal dos pais, enquanto responsáveis pelo filhos. Trata-se de um dever legal objetivo do qual não pode o responsável se escusar, com o argumento de ser ‘impossível’ a vigilância dos filhos vinte e quatro horas por dia. Noutras palavras, o argumento trazido pelos apelantes é por demais frágil e não afasta os consectários do descumprimento do dever legal”.

Fonte: G1.

Lula faz discurso atirando no olho do senador José Agripino


Foto: Alex Fernandes/Assessoria de Fátima

Palanque reuniu o presidente Lula, a candidata Fátima e os aliados

Enganou-se quem pensou que o presidente Lula iria poupar a candidatura do PV aliado.

Mas o alvo principal dele foi o senador José Agripino.

Primeiro ele disse que gostaria de estar em cima das caixas de som que estão sobre o palanque, para poder dar um boa noite às multidões da frente e dos lados...

E já entrou com gosto de gás em cima da candidatura adversária.

Pelo visto, adversária de Fátima e dele também.

Primeiro curtiu com a cara de quem dizia que ele não viria a Natal, justificando que não chegou à Presidência da República “de qualquer jeito”...

“Estou aqui hoje com minha alma sorrindo, com uma alegria muito grande. Por estar apoiando uma pessoa que está tendo o apoio destes que estão aqui. Agora olhe quem está apoiando a candidata do outro lado. Olhe quem está no outro palanque e compare com quem está aqui”...discursou Lula, referindo-se ao seu adversário-quase inimigo, o senador José Agripino Maia (DEM).

Em um trecho do discurso Lula atirou na testa...do coordenador da campanha de Micarla.

Papel do ex-deputado Augusto Viveiros, mas que ele transferiu para Agripino

“Este cidadão que coordena a campanha de Micarla, transformou em ódio a sua atuação na oposição”.


Fonte: Thais Galvão.

Presidente diz que vem a Natal derrotar José Agripino em 2010

O discurso de Lula em Natal foi uma isca jogada ao senador José Agripino para nacionalizar a campanha...

E o povo votar, não só em Fátima...

Mas em Lula, em Wilma, em Garibaldi...

Olhe o tiroteio de Lula contra o senador José Agripino:

“Este cidadão, que eu nem quero citar o nome, se prepare que a resposta para ele virá em 2010. Eu não vou ser candidato a nada, mas virei ao Rio Grande do Norte fazer campanha para derrota-lo. Fazer como fizeram com Arthur Virgílio (DEM), agora em Manaus, que teve 4% dos votos nas últimas eleições”...

E continuou atacando o senador José Agripino, a quem não tocou no nome e preferiu chamar de cidadão o tempo todo...

Mostrando que não é adversário político do senador líder do DEM não.

Provou que tem ódio e todos os outros significados da palavra em relação ao senador.

“Este cidadão não faz oposição a mim não. Ele fica até 3 horas da manhã falando mal de mim no Congresso, para derrubar meus projetos, mas ele não atinge a mim não. Atinge o país”...

Lula conclamou o povo de Natal para dar o troco a José Agripino em 2010...





Fonte: Thaisa Galvão.

Mercado Público de Ipanguaçu esta sendo reformado.



Em dezembro deste ano, será reinaugurado o Mercado Público do município, após grande reforma orçada em R$ 145.000,00 com recursos do Ministério da Agricultura, através de emenda do Deputado Federal Nélio Dias. Seguindo padrões exigidos, os boxes serão revestidos de cerâmica no piso e paredes facilitando a higienização. A completa infra-estrutura inclui sanitários. Carnes, peixes e verduras ficarão separados e disporão de uma câmara fria central para seu armazenamento. Na obra foram observados fatores facilitadores de acesso e circulação, tanto para o abastecimento quanto para os consumidores.


Fonte: Blog de Ronicley Melo.

Construção de Muros em Ipanguaçu.



A Prefeitura Municipal de Ipanguaçu, dando continuidade à sua política de melhorias habitacionais, está promovendo a construção de muros divisórios nas casas construídas nos Conjuntos Habitacionais Presidente Lula e Conjunto Habitacional Pedrinhas. Este programa de alcance social proporcionará as 540 residências beneficiadas à privacidade de cada unidade, estimulando o cuidado e a higiene ambiental.


No total estão sendo construídos 5.192 m2 de muros, trabalho este, com término previsto para o final de setembro. Com a execução desta obra, a Prefeitura Municipal considera os Conjuntos Habitacionais com excelentes condições de infra-estrutura.



Fonte: Retirado do site de Ipanguaçu.

TV Ponta Negra é multada por fazer propaganda de ações da candidata Micarla de Sousa

A juíza eleitoral Martha Danyelle decidiu por multar a TV Ponta Negra em R$ 40 mil, por propaganda em favor da candidata.

Segundo a ação assinada pelos advogados da coligação da candidata Fátima Bezerra, o programa eleitoral do dia 10 de setembro, da candidata Micarla de Sousa, enfocou o trabalho do Instituto Ponte da Vida como uma ação social de Micarla de Sousa.

No dia seguinte, a TV Ponta Negra exibiu matéria sobre o mesmo Instituto e veiculou entrevista com a mãe da candidata, Miriam de Sousa.

“O que houve não foi a simples apresentação de uma entidade de assistência social, com ações voltadas aos menos favorecidos. Efetivou-se o vínculo com a propaganda do horário eleitoral gratuito veiculada em favor da candidata Micarla de Sousa. A matéria jornalística ecoou a propaganda eleitoral, de modo a ensejar à referida candidata um espaço a mais, que não foi dado a qualquer outro candidato, propiciando que o eleitor-telespectador apreciasse o trabalho da entidade de iniciativa da candidata Micarla e de sua família”, afirmou a juíza Martha Danyelle.



Fonte retirada do blog de Thaisa Galvão.

Lula já está em Natal mas ainda não chegou ao local do comício

O presidente Lula ainda não chegou ao palanque montado na zona Norte.

Pousaram em Natal no avião do PT:

O presidente Lula, a governadora Wilma de Faria, o senador Garibaldi Filho, o deputado federal Henrique Alves, o secretário de Planejamento Vagner Araújo e os deputados estaduais Márcia Maia e Fernando Mineiro.

Wilma de Farias Vem a Ipanguaçu.



Esta previsto para esse sábado 20 de Setembro de 2008, a Presença da governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Farias. A governadora já confirmou a presença no comício na cidade de Ipanguaçu. Wilma vem para o comício do candidato a Prefeito Hélio Santiago Lopes, do Partido PSB - 40 (Partido Socialista Brasileiro), o evento esta previsto para acontecer as 19h00min horas.