i

terça-feira, 29 de junho de 2010

SECRETARIA REALIZARÁ ARRAIÁ DA MELHOR IDADE



A Secretaria Municipal de Assistência Social de Ipanguaçu realizará nesta quarta-feira (30), o “Arraiá da Melhor Idade” na comunidade de Pataxó, a festa acontecerá no largo da igreja às 16hs.
O Arraiá da Melhor Idade reunirá idosos da comunidade de Pataxó e do Grupo de Convivência da Melhor Idade entre outros. O objetivo da festa é proporcionar um intercâmbio entre o grupo de maneira espontânea e prazerosa. Os idosos do grupo de convivência se apresentarão com a quadrilha na comunidade.

MAIS DE 130 PACIENTES FAZEM EXAMES DE GLAUCOMA




A Secretaria Municipal de Saúde realizou na ultima quarta-feira (23), exames de vista e triagem de glaucoma no Posto de Saúde de Picada e no Centro de Saúde Tiburcio Freire da Silveira, mais de 130 pacientes foram atendidos. 


Cerca de 52 pessoas foram atendidas na comunidade de Picada e 80 no posto de Saúde Tiburcio Freire da Silveira. Os exames foi oferecido a população bastaria ir aos pontos de exames portando xerox dos documentos.  

PROGRAMAÇÃO RELIGIOSA DA FESTA DE SÃO PEDRO EM PATAXÓ


As festividades alusivas a São Pedro padroeiro do distrito rural de Pataxó no município de Ipanguaçu que teve início no ultimo dia 26 de junho, teve encerramento da parte religiosa hoje 29 com missa e procissão.

A missa contou com a presença da comunidade de Pataxó e fieis de São Pedro. A missa foi presidida por Pe. Galvão Cel, Pe. José Irineu da Silva e Pe. Valberto.

A parte religiosa teve fim hoje (29), mas a parte sócio cultural continua, com 30/06, com o Arraia dos Idosos no largo da igreja com os Traquinas do Forró a partir das 17hs,  e no 03/07  as 23:00 hs, o tradicional São João de São Pedro na Praça de Pataxó com a animação do Forrozão Pode Balançar,  Forró com H, Forró da Pegação onde acontecerá o fim da programação cultural.

ROCK GOSPEL NO ALTO DO RODRIGUES

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO REALIZA FORMAÇÃO SOBRE ACORDO ORTOGRÁFICO E PROERD


A Secretaria Municipal de Educação realizou nesta segunda e terça-feira na Escola Municipal Francisco Soares da Costa, na comunidade de Pedrinhas, o 1º encontro de formação sobre o Acordo Ortográfico e o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD), a formação contou com a participação de professores da educação infantil, Ensino Fundamental, Brasil Alfabetizado, PETI, diretores e secretários escolares.

Segundo há Secretária de Educação do Município de Ipanguaçu, Jeane Dantas, os professores devem se adapta ao acordo ortográfico que será trabalhado integralmente nos novos livros didáticos de 2011, e ainda este ano os alunos devem ver o que mudou na língua portuguesa, para que possam ter ideia quando for trabalhado em sala de aula.

 

No encontro esteve presentes mais de 150 profissionais ligados a educação. No dia 28 a palestra sobre o acordo ortográfico ficou por conta das professoras Poliana Rocha e Aloma Dayane, que contam que algumas modificações foram feitas no sentido de promover a união e proximidade dos países que tem o português como língua oficial: Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Timor Leste, Brasil e Portugal.
Após a palestra das professoras, os professores se dividiram em 5 grupos para discutir mais sobre o tema.
No dia 29 o assunto foi voltado ao Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD), que contou com a participação de Policias Militares de Natal, que são instrutores do programa.


Segundo o sargento Adrian, o objetivo é envolver a polícia, a escola, a família e a comunidade na problemática das drogas e da violência, assim desenvolvendo uma ação pedagógica de prevenção ao uso indevido de drogas e a prática da violência nas escolas.

Durante o encontro foi entregue matérias para as escolas para o inicio dos trabalhos.

PARTE DA PROGRAMAÇÃO RELIGIOSA DA FESTA DE SÃO PEDRO EM PATAXÓ TERMINA HOJE

 
 
29/06 - Terça-feira
09:00 h.  Missa solene
16:00 h.  Missa e procissão de Encerramento
              Arreamento da bandeira
              Cel. Pe. José Irineu da Silva
                     Pe. Edson Galvão
 


PROGRAMAÇÃO SÓCIO-CULTURAL


30/06 - Quarta-feira
- Arraia dos Idosos
- Animaçã: Os trakinos do Forró.
-Local: Praça de São Pedro, a partir das 17:00 h.

03/07 – Sábado
23:00 h. - Tradicional Festa de São Pedro
               - Local: Praça de São Pedro - Pataxó - Ipanguaçu/RN
              -Animações: Forrozão Pode Balançar
                                       Forró com H
                                    Forró da Pegação

APOIO: Prefeitura de Ipanguaçu, Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Cultura e Turismo, Vice-prfeita Vera Lúcia, Vereador Josimar, FM 104,9, Comunidade de Pataxó.

Sem acordo, DEM e PSDB tentam definir vice de Serra nesta terça

Cúpulas dos partidos da aliança se reuniram nesta segunda.
PSDB fez 'mea culpa' no processo de escolha do vice.

O PSDB e o Democratas esperam chegar a um acordo sobre a definição do vice na chapa do candidato à presidência José Serra nesta terça-feira (29). Entre a noite desta segunda (28) e a madrugada de hoje, as cúpulas dos dois partidos se reuniram na casa do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM) para discutir a questão, mas não houve consenso.

O imbróglio a respeito da definição do vice teve início na última sexta feira (25), quando o presidente do PTB, Roberto Jefferson, anunciou por meio do Twitter que os tucanos haviam indicado o senador Álvaro Dias (PSDB-PR) como candidato a vice. O DEM, que reivindica a vaga, reagiu ao anúncio. Alguns líderes do partido chegaram a defender o rompimento da aliança com o PSDB caso os tucanos não cedam.

Em entrevista após a reunião, o presidente do PSDB, Sérgio Guerra (PSDB-PE) fez uma espécie de “mea culpa” em relação à forma como foi definido e divulgado o nome de Dias. “Fizemos uma avaliação sobre o que aconteceu, os erros e acertos da nossa campanha. E amanhã (terça), vamos começar a trabalhar no campo dos acertos”, disse o tucano.

Questionado sobre quais seriam os erros, ele afirmou que a negociação sobre o vice talvez pudesse ter sido feita antes e que “faltou um pouco de diálogo”. Guerra relatou aos jornalistas que não houve mudanças nas posições defendidas por tucanos e democratas: o PSDB insiste na indicação de Álvaro Dias e o DEM reivindica a vaga na chapa.

Além de Guerra, estiveram no encontro o presidente do DEM, Rodrigo Maia, o presidenciável José Serra e outros líderes dos dois partidos: João Almeida (PSDB-BA), Cícero Lucena (PSDB-PB), Jorge Bornhausen (DEM-SC) e José Agripino (DEM-RN). Segundo o presidente do PSDB, Serra se colocou “à disposição de todos para encontrar a solução”.

Sobre a manutenção do nome de Dias, o presidente do PSDB afirmou que não se trata de “recuar ou avançar”. “A gente vai chegar no dia da convenção do DEM com essa solução consensual”, afirmou. Essa quarta (30) é o último dia do prazo para que os partidos realizem convenções e definam seus candidatos.

O senador aproveitou para reafirmar a unidade da aliança. “Somos uma força só. O Democratas, nós do PSDB e outros partidos que estão conosco. Não há possibilidade de ficarmos divididos”, ressaltou.

Concursados devem ser nomeados até sábado ou só em 2011

Candidatos aprovados em concursos vivem dias de expectativa. Por causa das restrições impostas pela legislação eleitoral, futuros servidores só podem ser nomeados até 3 de julho — três meses antes da disputa nas urnas. Com a proximidade da data fatal, as atenções se voltam para o Diário Oficial da União. Os nomes que não forem publicados dentro do limite permitido terão de esperar 2011 para ser convocados ao trabalho. Atualmente, 48 seleções públicas(1) abriram ou prometem abrir 10,8 mil vagas.

Apesar do ano atípico e de todo o suspense causado pelas eleições, quem já se acostumou com a rotina de estudos mantém a preparação. As salas de cursos preparatórios estão lotadas, mesmo durante os fins de semana e feriados. “Estou fazendo um cursinho de 10 meses para ter uma base forte, sem pegar nenhuma matéria específica. Deixei meu emprego há uns seis meses só para estudar para concurso”, disse a economista Dirla Casari, 31 anos, que decidiu trocar a iniciativa privada pelo setor público. “Vou torcer para que demore bastante o edital do MPU (Ministério Público da União). Vai dar tempo de me preparar melhor.”

Há 38 concursos abertos. Nas próximas semanas, mais 10 vão iniciar inscrições. São certames com exigências variadas, de ensino médio ao superior. No Distrito Federal, a Secretaria de Planejamento e Gestão encerra o prazo para os candidatos que pretendem concorrer a uma das 400 vagas para nível superior. Os salários variam de R$ 1,3 mil a R$ 3,7 mil. Um dos concursos mais procurados, no entanto, é o do Tribunal de Contas da União (TCU): são 20 vagas — todas para Brasília — com salário de R$ 10 mil. As provas ocorrem em 14 e 15 de agosto e as inscrições terminam em 11 de julho.

Para os que desejam ingressar em uma carreira pública, mas não concluíram um curso universitário, entre as 48 seleções (veja o quadro), há opções. A

Aeronáutica, por exemplo, está com uma concorrência aberta para candidatos de ensino fundamental. São 215 vagas e as inscrições vão até 7 de julho. A taxa para participar da seleção é de R$ 50.

Exceção
A Lei Eleitoral (Lei nº 9.504/97) veda admissões de servidores nos três meses que antecedem a eleição até a data da posse dos eleitos. A exceção são os cargos do Poder Judiciário, do Ministério Público, dos Tribunais ou Conselhos de Contas e dos órgãos da Presidência da República. A nomeação dos aprovados em concursos públicos homologados até o início do prazo fatal também é permitida. Porém, por precaução, a administração não deverá chamar os candidatos ainda que a relação oficial dos chamados tenha sido divulgada. “Há um excesso de cautela por causa da disputa eleitoral. O governo vai deixar tudo para o ano que vem”, disse ao Correio um técnico especializado em concursos públicos.

Ansiedade especial experimentam os candidatos que passaram no último concurso da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), realizado em maio. O resultado já foi divulgado, mas os nomes dos aprovados ainda não. Há a previsão extraoficial de que os nomes dos técnicos sejam conhecidos dentro do período legal estabelecido para as eleições. Analistas e especialistas que se classificaram, no entanto, só seriam conhecidos depois.

A espera de mais de um milhão de candidatos pelo cronograma do concurso dos Correios (ECT) completou, ontem, seis meses. O processo seletivo com 6.565 vagas imediatas abriu inscrições em 28 de dezembro do ano passado, mas a estatal ainda não oficializou a empresa organizadora nem marcou as datas das provas. O diretor de Gestão de Pessoas dos Correios, Pedro Magalhães Bifano, informou que a Fundação Getulio Vargas (FGV) deve assumir o certame. Como esse é o primeiro concurso nacional com oferta de um número expressivo de vagas, a ECT preferiu conhecer o número de candidatos, para, então, contratar a instituição responsável pelas demais etapas do concurso.

1 - Dinheiro curto
O aumento de 7,7% concedido aos aposentados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que ganham mais de um salário mínimo vai adiar a contratação de novos servidores, além de atrasar a realização de concursos. A bondade eleitoral terá um impacto de R$ 1,6 bilhão. Líderes da base aliada do governo na Câmara dos Deputados reconhecem que a despesa extra deverá afetar as seleções que ainda não tiveram edital lançado e seriam abertos em julho. O gasto imprevisto poderá jogar para agosto ou setembro algumas seleções.

Do Correiobraziliense.com.br