i

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Milhares de pessoas lotam o centro de Ipanguaçu para, mais uma vez, manifestar incontestável apoio à reeleição de Leonardo





Uma campanha protagonizada pelo povo. Assim tem sido a caminhada de Leonardo (PT) rumo à sua reeleição como prefeito de Ipanguaçu. Ao lado de seu companheiro de chapa Josimar Lopes (PSB) e dos vereadores da Coligação Aliança do Povo, o jovem petista foi recebido neste domingo (23) com muito entusiasmo, gratidão e carinho pelos moradores das ruas 23 de Dezembro, Félix Rodrigues e do Conjunto Cohab. Como tem ocorrido com muita frequência neste período, o povo enfeitou as fachadas de suas casas com especial dedicação para demonstrarem publicamente seu apoio aos candidatos.
Faixas, cartazes, bandeiras, adesivos e até mesmo toalhas vermelhas foram utilizadas para externar que em cada uma daquelas residências os votos são pela continuação do trabalho que vem mudando para muito melhor Ipanguaçu e a vida de seus habitantes.

A certeza da vontade do povo não ficou restrita apenas ao período da visita. A maior manifestação de apoio veio na sequência, quando a população se mobilizou em mais uma megapasseata. Com destino ao centro da cidade, onde houve mais um grande comício, milhares de pessoas lotaram as ruas da cidade para ouvir, até o fim, os discursos de lideranças que marcam a história do município.

“A maior obra do antigo gestor foi ajudar a fazer Leonardo prefeito”, afirma Dr. Edinho
“Daqui a 14 dias estaremos, se Deus quiser, nas ruas levando Leonardo e Josimar à Prefeitura. Peço a nossa senhora de Lourdes muita força, energia e calor humano para vocês conseguirem essa maratona nunca vista na história de Ipanguaçu. A maior obra do antigo gestor foi ajudar a fazer Leonardo prefeito de Ipanguaçu, e é com Leonardo que vamos ficar”, falou o ex-prefeito Dr. Edinho, sob entusiasmados aplausos da multidão, antes de anunciar ter um “segredo para revelar” na vigília, evento a ser realizado em breve.
O coordenador da campanha também levou aos presentes suas palavras. “Nas pesquisas e nas ruas já se vê quem o eleitorado de Ipanguaçu quer para governar a cidade. É visível que Leonardo será reeleito com uma grande maioria. No dia 07 de outubro vamos sair cedo de casa com nossos títulos, vestidos de vermelho, e ir às urnas confirmar a vitória de Leonardo e Josimar para o futuro do desenvolvimento de Ipanguaçu”, disse o coordenador da campanha, Ivanaldo Salustino.
“Estou ao lado de um gestor que em menos de 4 anos realizou o que não fizeram em mais de 16 anos”, diz Josimar Lopes



O vereador Josimar Lopes (PSB), candidato à vice-prefeito, falou sobre a alegria de sentir a imensa receptividade da população no dia a dia e tocou em um assunto que procurou evitar ao máximo, mas, provocado pela oposição, não teve como evitar. “Fiquei muito feliz pelas homenagens que recebemos neste dia. Feliz, honrado e respeitado. Mas sei que isso tudo se deve ao fato de que estou ao lado de um gestor que, em menos de quatro anos, realizou o que não conseguiram fazer em mais de 16 anos”, disse antes de rebater as críticas feitas por Hélio Santiago, marido da candidata a vice-prefeita da oposição, com quem tem laços familiares. “Em respeito à minha família, eu decidi no início da campanha que não citaria nomes de adversários, mas citaram meu nome. Perguntou qual era a mágica que eu fazia para buscar votos para Leonardo. A mágica é o trabalho de Leonardo! E o reconhecimento está aí, com as pesquisas mostrando que contamos com o apoio de mais de 58% dos eleitores. Mas a maior pesquisa que vejo é nos olhos do povo de Ipanguaçu, nas concentrações e no dia a dia, dizendo sim ao avanço, sim ao futuro ainda melhor”, disse Josimar.
Fechando o evento, Leonardo iniciou fazendo um rápido balanço do trabalho que tem realizado como prefeito e agradeceu ao povo que, com sua maciça presença, conferiu enorme grandeza ao evento. “Vocês não sabem o quanto sou grato pela presença de vocês. Grato por cada apoio e acolhimento durante nossas caminhadas”, disse. O povo respondeu de imediato, aplaudindo e cantando músicas de campanha.
“Deus conceda uma campanha de paz e vitória ao povo de Ipanguaçu”, diz Leonardo
O primeiro tópico do balanço foi o resgate do esporte ipanguaçuense, empreendido desde o início de sua gestão. “Encontramos os campos desativados, mas tivemos o compromisso de revitalizar e construir novos espaços. Reativamos o Estádio Municipal Joacy Fonseca, construímos as quadras de São Miguel, Porto e o ginásio poliesportivo em Arapuá. Fizemos isso e mais, pois temos responsabilidade com os desportistas de nossa cidade”, enumerou Leonardo, lembrando à todos que Ipanguaçu, na maioria das vezes, só costumava ter destaque na imprensa estadual ou nacional por tristes motivos, mas esse tempo acabou. “Estamos transformando a nossa cidade, que tem recebido muito desataque por inúmeras noticias que só nos alegram”.
Em seguida, Leonardo deu destaque a um dos setores mais bem avaliados pela população do seu mandato: a saúde pública. E destacou: “vamos melhorar ainda mais a saúde pública de Ipanguaçu”. “A saúde está caminhando com bons resultados, mas vamos melhorar cada vez mais, pois a importância que a saúde tem. Vamos, sim, concluir a ampliação e reforma do Posto de Saúde Tiburcio Freire da Silveira, equipá-lo e entregar à população um espaço que vai permitir que todos durmam com tranquilidade e segurança maior do que a de hoje em dia. Garantimos atendimento digno, pois isso é qualidade de vida, demonstra o nosso respeito. E, olhando para o futuro, construiremos um futuro ainda melhor, avançando e acreditando que podemos fazer cada vez mais”, afirmou.
Concluindo sua fala, Leonardo pediu bênçãos a Deus e conclamou que todos dessem as mãos. “Senhor, nos conceda um campanha de paz e vitória ao povo de Ipanguaçu. Que possamos ser iluminados pela Luz Divina e, conquistando a vitória, possamos continuar fazendo o melhor pelo povo da nossa terra”, orou.
Agenda
Nesta segunda-feira (24), Leonardo e Josimar se reúnem com a coordenação da campanha para a definição da agenda da semana.
Veja mais fotos (AQUI)

Faltam 13 dias: tempo médio de votação do eleitor em 2012 será de 40 segundos


eleicoes-2012-URNa
Com base em informações coletadas em eleições anteriores, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) calcula que o eleitor levará 40 segundos, em média, para votar nas eleições do próximo dia 7 de outubro. Esse tempo é calculado a partir do momento em que o eleitor se dirige à urna até o instante em que confirma o voto no segundo cargo (prefeito).
Nas eleições municipais de 2008, cada eleitor levou 31 segundos, em média, para votar em candidatos a prefeito e a vereador, em 5.563 municípios.
O tempo médio de atendimento ao eleitor foi de 39 segundos em 2008. Esse tempo é contado a partir da digitação do número do título do eleitor por parte do mesário até a confirmação do voto no segundo cargo.
Cola
Para dar maior facilidade ao eleitor no dia da votação, a Justiça Eleitoral incentiva os eleitores a levarem os números de seus candidatos anotados em um papel, a chamada cola eleitoral.
Já está disponível no Portal do TSE a "Colinha", que o eleitor pode imprimir, preencher os dados de seus candidatos a prefeito e vereador e levar no dia da eleição, para não se esquecer dos números na hora de votar na urna eletrônica.
O eleitor pode obter a "Colinha" clicando no selo Voto Limpo, no alto da página do Portal do TSE, e depois no link "Não se esqueça da cola. É mais fácil de lembrar".
Fonte: Portal TSE

Dilma sanciona lei que libera financiamento para municípios em estado de calamidade

Dilma-falando-ao-microfone

A presidenta Dilma Rousseff sancionou a Lei 12.716 que libera linhas de financiamento para municípios em estado de calamidade pública no Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Pelo texto, os responsáveis pela solicitação poderão receber até R$ 200 mil por pedido e no prazo máximo de 30 dias – entre a requisição e o pagamento.
A lei está publicada na edição de hoje (24) do Diário Oficial da União, Seção 1, páginas 1 e 2. A íntegra do texto pode ser obtida no site da Imprensa Nacional.
Em agosto, os senadores aprovaram a repactuação das dívidas dos municípios em situação de emergência com a Previdência Social. O benefício consta de um projeto de lei de conversão (PLV), transformado a partir de uma medida provisória (MP).
Pelo texto do projeto, são instituídas linhas de créditos e há um aumento de R$ 300 para R$ 400 do valor pago aos atingidos pela seca ou fortes chuvas, com destaque para os agricultores do Programa Garantia-Safra. Esse auxílio é pago em parcelas de R$ 60 a R$ 80. A MP deve beneficiar 500 mil famílias.
Fonte: Agência Brasil

Código Florestal abre agenda do Senado na terça-feira (25)


A medida provisória do Código Florestal (MP 571/2012) é o primeiro item da pauta do Plenário na terça-feira (25). A sessão deliberativa foi convocada pelo presidente do Senado, José Sarney, num esforço para possibilitar a votação da matéria até 8 de outubro.
Caso a presidente decida pela sanção do texto, estaria concluído o processo de construção do novo Código Florestal (Lei 12.651/2012). Já em caso de vetos, as lacunas poderão ser cobertas por lei em vigor ou exigir regulamentação por decreto, por projeto de lei enviado pelo Executivo em regime de urgência ou mesmo pela edição de nova medida provisória.
A principal discordância do governo é sobre a mudança feita na chamada regra da “escadinha”, que beneficia pequenas propriedades com menor exigência de recomposição de Área de Preservação Permanente (APP). No texto original, estavam previstos benefícios escalonados para propriedades até 10 módulos fiscais, mas, no acordo firmado na comissão mista, foram ampliados para áreas até 15 módulos fiscais, que são as médias propriedades.