i

sábado, 21 de maio de 2011

Em Ipanguaçu vereadores faltam e sessão é suspensa por falta de quórum

Foi suspensa por falta de quórum ontem, sexta-feira 20, mais uma sessão ordinária da câmara de vereadores de Ipanguaçu. Na sessão de ontem, compareceram o presidente da câmara Tunefis Morais, Thalita Cosme e Ruan Montenegro.

Segundo o vereador Ruan Montenegro esta é a terceira vez só este ano que os trabalhos da casa não acontecem.

Tunefis Morais explica que as sessões só podem ser abertas com a presença de no mínimo cinco vereadores de um total de nove.

Em seu perfil no microblog twitter Ruan, postou a seguinte frase “Meus colegas vereadores deixam de ir à sessão mais uma vez. Isso mostra a falta de responsabilidade com o povo de Ipanguaçu”. (@Ruan_Montenegro)

Ele frisa que é inadmissível os vereadores faltarem uma sessão que acontece quinzenalmente.
A única mulher na casa a vereadora Thalita Cosme, disse que os colegas vereadores precisam ter respeito com o povo ipanguaçuense “Eu e todos eles fomos eleitos para esta aqui representando o povo. Coincidências acontecem, e todos estamos expostos a problemas de ordem pessoal, ou motivos superiores mesmo, mas temos que colocar o nosso cargo como vereadores como prioridade” disse a vereadora que faltou prova na universidade para cumprir com o seu papel na casa.

Thalita disse ainda que sugeriu ao presidente da Câmara Tunefis Morais que sejam descontados a falta nos salários dos edis “Todos os funcionários públicos quando faltam por motivos devem justificar sua ausência, caso não seja comprovado há descontos no salário, isso deve acontecer da mesma forma nos salários dos vereadores” argumenta a vereadora.
Mas o fato é que a falta dos vereadores gerou muita especulação. Além do mais, tem vereador que falta com bastante frequência às sessões.

Projetos e outras proposições importantes estão para ser votados. Se tiver quórum, a próxima sessão ordinária que poderá acontecer na próxima sexta-feira, dia 27.
Apenas os vereadores José Antonio de Souza (Dedé de Eduardo) e João Batista Pinheiro Lopes (Mitota) justificaram a ausência.