i

sexta-feira, 1 de março de 2013

Prefeitura de Ipanguaçu abre processo seletivo para contratação de professor temporário


Tem início na próxima segunda-feira (04) as inscrições para Processo Seletivo Simplificado, destinado à seleção e à posterior contratação temporário de professores para atuar nos segmentos do ensino básico: Educação Infantil e Ensino Fundamental dos Anos Iniciais (1º ao 5º) e Finais (6º ao 9º), objetivando atender a necessidade de excepcional interesse público. O processo ocorrerá de acordo com as normas publicadas no edital nº 02/2013. 

Segundo a secretaria de Educação, Jeane Dantas, são dispostas 20 vagas de Professor Temporário da carreira de Professor de Ensino Básico (das quais 3 correspondem a cadastro de reserva) – Educação Infantil e Ensino Fundamental dos Anos Iniciais e Finais – distribuídas pelas unidades escolares, EM Francisco Targino Nobre (Língua de Vaca), EM Adalberto Nobre de Siqueira (Tabuleiro Alto), EM Cecília Pereira dos Santos (Nova Descoberta) e EM Francisco Florêncio Lopes (Pataxó), componente curricular/disciplina, requisitos mínimos, com regime de trabalho de 30 (trinta) horas semanais, conforme o quadro de distribuição de vagas a partir dos segmentos mencionados. 

Os salários a serem percebidos pelos candidatos contratados correspondem a uma remuneração inicial bruta de R$ 980 (novecentos e oitenta reais) para os candidatos aprovados e que estejam em nível acadêmico, a partir do 3º período de seu respectivo curso e de R$ 1.174,00 (um mil cento e setenta e quatro reais) para os candidatos aprovados no processo que possuam curso de licenciatura concluído. Esses valores correspondem ao vencimento básico da carreira docente municipal. 


As inscrições para o Processo Seletivo Simplificado serão realizadas das 9h do dia 04 de março de 2013 às 11h do dia 13 de março de 2013, exclusivamente na Secretaria Municipal de Educação. O edital pode ser retirado no site oficial do Municipio, no site www.ipanguacu.rn.gov.br. O Resultado Final do processo seletivo será divulgado no dia 01 de Abril.

Barragens e açudes do Estado em situação crítica


Açude Itans de Caicó
Açude Itans de Caicó
O monitoramento dos reservatórios do Rio Grande do Norte realizado pela Secretaria de Recursos Hídricos (Semarh) constatou que 20 açudes do Estado estão com o volume abaixo de 20% da sua capacidade total. A situação é considerada crítica pela Coordenação de Gestão de Recursos Hídricos da Semarh.
O levantamento mostra ainda que 40 reservatórios, dos 53 monitorados pela Semarh, estão com o volume abaixo de 50% da capacidade total. “As poucas chuvas que caíram no Estado esse ano não mudaram a nossa realidade que hoje é considerada crítica”, disse a coordenadora de Gestão de Recursos Hídricos da Semarh, Joana Darc Freire de Medeiros.

Universitários protestam e pedem colaboração do Prefeito de Assú


Universitários da cidade do Assú realizaram na manhã de ontem (28) na sede da Câmara de Vereadores um protesto contra a falta do repasse da Prefeitura do Assú aos ônibus que circulam para as universidades na cidade de Mossoró, Angicos e Macau.

Um projeto de lei enviado pelo pode executivo aprovado na manhã pelos vereadores cria o “Bolsa Educação” projeto que atenderá universitários que cursam as universidades e tenham a situação econômica em desvantagem.

Mas os estudantes atestam que a “Bolsa Educação” não atendera as necessidades dos estudantes, e classificam que o projeto atenderá menos da metade dos estudantes que diariamente estudam e precisam do transporte para ir estudar.

Os estudantes afiram que os protestos iram continuar, e marcaram para o sábado(02) mais uma manifestação, até que o dialogo e um acordo possa ser firmado com o poder executivo.

Cidades como Apodi, Ipanguaçu, Alto do Rodrigues e Pendências disponibilizam ônibus para as universidades sem custo algum. Em Assú os estudantes além de receberem o repasse da Prefeitura pagam mensalidade, e temem que o valor do transporte possa aumentar em 35% a mais. 

Fotos: Blog Jefferson Santos 

Começam reuniões prévias para escolher sucessor de Bento XVI


Papa-Bento-16-300x225No primeiro dia sem papa, os cardeais iniciam o processo informal das conversas prévias para a escolha de quem vai substituir Bento XVI, de 85 anos. A partir de hoje (1º), o decano (o mais antigo) do Colégio de Cardeais, Angelo Sodano, de 85 anos, começa a organizar a fase preliminar ao conclave. A primeira reunião de cardeais preparatória do conclave, que vai eleger o sucessor do papa, está marcada para segunda-feira (4). Mas ainda não é o começo da cerimônia de substituição.
A reunião foi confirmada pelo arcebispo de Nápoles (Itália), o cardeal Crescenzio Sepe. A partir desta primeira reunião de cardeais é possível anunciar a data de início do conclave, segundo o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi. A estimativa é que o rito comece no final da próxima semana. O prazo é dado para que todos os cardeais, que são eleitores, estejam presentes no Vaticano.

Agricultores afetados pela seca no Nordeste têm crédito prorrogado


Os agricultores afetados pela seca no Nordeste que pegaram linhas oficiais de crédito ganharam mais quatro meses para renegociar as dívidas com a União. O Conselho Monetário Nacional (CMN) prorrogou para 1º de julho o vencimento das parcelas em atraso.
Com a medida, o pagamento de R$ 3,1 bilhões de parcelas que venceram ao longo de 2012 e estavam em atraso poderá ser feito até o primeiro semestre deste ano. As linhas para os produtores rurais na área de atuação da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) têm orçamento de R$ 4,6 bilhões, dos quais R$ 1,5 bilhão foi renegociado anteriormente.
O pedido de renegociação poderá ser feito tanto por grandes produtores rurais como por agricultores familiares, no entanto, somente agricultores de municípios que decretaram estado de emergência poderão reparcelar a dívida.
O CMN também prorrogou o prazo para que agricultores familiares afetados pela seca contratem empréstimos da linha de crédito emergencial criada em maio do ano passado. Com orçamento de R$ 2,4 bilhões a linha acabaria hoje (28), mas foi estendida para 31 de maio. De acordo com o Ministério da Fazenda, faltam R$ 500 milhões para serem emprestados.