i

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Semana do bebê em Ipanguaçu é aberta fortalecendo cuidados na infância




Em Ipanguaçu uma semana de atividades destinadas a gestantes, crianças e adolescentes vem sendo desenvolvida nos últimos anos em busca de fortalecer as políticas de atenção a primeira infância de meninos e meninas do município localizado na região do Vale do Açu. 

A semana do Bebê, estimulada pelo UNICEF ganhou espaço na agenda do poder público municipal desde 2011 com uma programação de mobilização que busca oferecer serviços médicos, oficinas, palestras e atividades educativas as famílias. 

Nesta última segunda-feira(24) a 4ª Semana do Bebê foi aberta na sede da Câmara Municipal de Vereadores pela banda filarmônica Elizaldo Rodrigues dos Santos. Entre os presentes estavam o prefeito Leonardo Oliveira, a presidente da Câmara - Luzineide Cavalcante, a secretária municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social – Cristina Oliveira, a coordenadora do Conselhos dos Direitos das Crianças e Adolescentes (CMDCA) - Raquel Tavares, o articulador do Selo Unicef Luís Antônio e a representantes das crianças e adolescentes, Joanita Rodrigues. 

O articulador do Selo Unicef Luís Antônio, destaca que a semana do bebê prosseguirá durante toda a semana com uma programação diversificada, que atenderá as mães e as crianças do município. 

Durante a abertura o prefeito Leonardo Oliveira destacou a importância de proteger e manter políticas públicas destinadas as mães e os filhos da gestação e durante toda a infância. “Manter a saúde, educação, o direito à vida são fundamentais, são direitos básicos, que todo município precisa e deve manter. Nosso desejo é sempre de fazer mais, temos caminhado de mãos dadas com as mais diversas instituições e fortalecido o trabalho do poder público”, frisa o prefeito. 

A Semana do Bebê ocorrera com atividades na zona rural e urbana com a realização de palestras, oficinas que se estenderão até o sábado, dia 29, com a realização da “Caravana Direitos das Crianças e Adolescentes” que oferta serviços de saúde, com atendimento médico, psicólogo, fonoaudiólogo além atendimento educativos, psicopedagógico e atividades de lazer com a oferta de aulas de xadrez, dama entre outras modalidades, como também atendimento do Ministério Público e do Conselho Tutelar.

Durante a abertura oficial foram abertas a discussão temática sobre os “Múltiplos Olhares sobre a Primeira Infância”, sendo lançado ainda o concurso, “Bebê Feliz 2014”. Segundo Luís Antônio, o concurso fotográfico estará aberto até meia noite da quinta-feira(27). “As fotos estão disponível no Facebook para votação, a mais curtida levará o título de ‘Bebê Feliz’, é uma maneira de estimulamos a imunização das crianças. Regra obrigatória do concurso”, reitera. 


O concurso está dividido em duas categorias, de 0 a 1 ano, e de 2 ano a 5 anos e 11 meses. A votação acontece na página oficial da prefeitura no endereço: Facebook.com/PrefeituradeIpanguacu. O resultado será divulgado na sexta(28). 

Estiveram presentes ainda durante a abertura, os secretários Jeane Dantas (Educação), Tales Praxedes (saúde), Marcos Bezerra (Esporte), Leda Oliveira (Cultura e Turismo), e os vereadores Marluce Barbosa e Fonseca Filho. 

A iniciativa ainda conta com o apoio do Ministério Público Federal, do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), Conselho Tultelar e as Secretarias municipais.A programação completa pode ser vista no site da prefeitura: www.Ipanguacu.rn.gov.br ou aqui.

Veja mais fotos, aqui.

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Semana do bebê tem início hoje

Tem início hoje(24), abertura oficial da Semana do Bebê. A programação terá inicio na Câmara Municipal de Vereadores, prevista as 19h com a conferência temática: “Múltiplos olhares sobre a primeira infância” e o lançamento do concurso "Bebê Feliz 2014". As atividades seguem até o dia 29, a programação completa você pode conferir no nosso site:www.Ipanguacu.rn.gov.br.

sábado, 22 de novembro de 2014

Programação: Festa de São Francisco Xavier - Bairros Maria Romana e Pinheirão

Festa de São Francisco Xavier
Comunidade em Estado Permanente de Missão

É com muita alegria que convidamos todas as famílias e comunidades católicas, para juntos celebrarmos mais um ano de festa do Padroeiro das Missões, São Francisco Xavier.

De 19/11/2014 a 27/11/2014 – Peregrinação e benção das chaves das casas

Dia 28/11/2014 – Seresta e Leilão, às 22:30hrs

Dia 30/11/2014 (domingo)
Abertura – Queima de fogos
19:00hrs – Meditação do terço
19:30hrs – Missa de abertura e hasteamento das bandeiras
Celebrante: Padre César de Bessa
Convidados: Apostolado da Oração, Grupos de Oração Sagrada Família, Coração de Maria e Coração de Jesus, Legião de Maria, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Coração de Jesus (Itú), Terço dos Homens.

 - Jantar - Após a missa

Dia 01/12/2014 (segunda-feira)
19:00hrs – Meditação do terço
19:30hrs – Celebração da Palavra
Celebrante: Rafael Cosme
Convidados: Grupo de Oração Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora da Saúde, Santa Luzia, Santa Rita de Cássia, Ofício da Imaculada Conceição, Pastoral da Criança.
- Quermesse

Dia 02/12/2014 (terça-feira)
19:00hrs – Meditação do terço
19:30hrs – Celebração da Palavra
Celebrante: Socorro Fonseca
Convidados: Grupo de Oração Santa Ângela, Irmandade de Santa Clara, Apostolado da Divina Misericórdia, Grupo de Oração São Francisco de Assis, Grupo de Oração Santo Antônio.
- Quermesse

Dia 03/12/2014 (quarta-feira) - DIA DE SÃO FRANCISCO XAVIER
6:00 hrs - Ofício da Imaculada Conceição
Café Comunitário
19:00hrs – Procissão
19:30hrs – Missa de enceramento
Celebrante: Padre César de Bessa
Convidados: Escoteiros, Infância, Adolescência e Juventude Missionária, Grupo de Oração Santa Terezinha, Mãe Peregrina e Cáritas.
- Quermesse


quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Finalista de Ipanguaçu na OLP é destaque na InterTV Cabugi



Ontem(19) a história do menino Carlos Camilo, 14, finalista da Olimpíada de Língua Portuguesa foi destaque no RN TV 2ª Edição, telejornal da InterTV Cabugi, afiliada da rede globo. 


O jovem estudante concorre a final com a crônica, "Só entra quem pode", no próximo mês, em dezembro. Veja a matéria completa aqui,aqui.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Semana do bebê e caravana serão realizadas em programação planejada para a próxima semana em Ipanguaçu



Em busca de promover e ampliar os direitos das crianças e adolescentes do município de Ipanguaçu, a Comissão Intersetorial pelos Direitos da Criança e do Adolescente, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), e o Conselho Tutelar com apoio da Prefeitura de Ipanguaçu realizam na próxima semana, de 24 à 29, uma programação em busca de assegurar ações destinadas a gestantes, crianças e adolescentes. 

Segundo o coordenador da Comissão Intersetorial pelos Direitos da Criança e do Adolescente, Luisinho Tavares, a programação planejada ocorrerá com a realização de duas atividades, uma delas é a Semana do Bebê, uma estratégia de mobilização social apoiada pelo UNICEF e tem como objetivo tornar o direito à sobrevivência e o desenvolvimento de crianças de até seis anos, como também o Projeto “Caravana – Direito das Crianças e Adolescentes”, com a promoção de atividades durante toda a manhã que ocorrerá na comunidade de Arapuá.
A programação no município, localizado na região do Vale do Açu, terá início na segunda(24) com abertura oficial na Câmara Municipal de Vereadores marcada para as 19h com a conferência temática: “Múltiplos Olhares sobre a Primeira Infância”. 

A Semana do Bebê ocorrera com atividades na zona rural e urbana com a realização de palestras, oficinas que se estenderão até o sábado, dia 29, com a realização da Caravana que oferecera serviços de saúde, com atendimento de médico, psicólogo, fonoaudiólogo além atendimento educativos, psicopedagógico e atividades de lazer com a oferta de aulas de xadrez, dama entre outras modalidades, como também atendimento do Ministério Público e do Conselho Tutelar.

"Será uma atividade importante aberta para as mães e as nossas crianças e adolescentes. As ações desenvolvidas pelas secretarias municipais que chegarão não só na zona urbana, mas também na zona rual, uma estrategia que estamos recebendo apoio de todos para concretizar essa atividade em defesa dos direitos de meninas e meninos de nossa cidade", destaca, Luiz Antônio. 

A iniciativa ainda conta com o apoio do Ministério Público Federal, com sede em Ipanguaçu e do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS). A programação completa pode ser vista no site, www.Ipanguacu.rn.gov.br. Aqui.

História do ipanguaçuense finalista da Olimpíada de Língua Portuguesa será destaque hoje no RN TV 2º Edição


Na noite de hoje(19) a Inter TV Cabugi, afiliada da TV Globo no Rio Grande do Norte, destaca em seu telejornal a história do estudante Carlos Camilo Batista Vieira (15), aluno do 9º ano da Escola Municipal Francisco Florêncio Lopes, localizada na comunidade de Pataxó. Camilo se tornou um dos 38 finalistas de todo o Brasil no gênero crônica da Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP) – Escrevendo o Futuro.

O jovem ipanguaçuense concorreu meio a produções textuais de mais de 5 mil municípios de todo o país com a crônica, “Só entra quem pode”, junto com a professora Diana Lopes, orientadora durante a produção textual.


A matéria foi produzia na segunda-feira(17) pela repórter Ivanúcia Lopes e pelo cinegrafista Zenóbio Oliveira. A história pode ser conferido no RV TV 2ª edição que vai ao ar a partir das 19:15h. 

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Ipanguaçu conquista o Prêmio Construindo a Nação pelo quarto ano consecutivo e é destaque na luta em defesa da leitura no RN




Ipanguaçu, cidade localizada a 214 km da capital potiguar, vem se destacando na educação pública brasileira como um município premiado e cujo reconhecimento advém muito especialmente das políticas públicas em defesa do livro, da leitura, da literatura e da escrita como direitos inalienáveis das crianças e adolescentes ipanguaçuenses. Este cenário promissor é justificado pelos resultados que têm sido alcançados pelas escolas da rede municipal no combate ao analfabetismo e na militância em favor da formação de leitores. Desde 2009, a gestão pública tem reconhecido o papel emancipador da educação e investido nos profissionais, nas crianças e na leitura.

Prêmio Educador Nota 10, da Fundação Victor Civita, Selo Escola Solidária e reconhecimento nacional, através do Portal do Professor do Ministério da Educação; e internacional, pela ocasião da visita de membros da Associação Internacional de Pedagogos de Cuba, figuram como grandes conquistas da educação básica ipanguaçuense no campo das linguagens. A cidade ainda vive momentos ímpares no seu processo de constituição como modelo de município leitor: a presença de Ilderlânia Siqueira (12) e Carlos Camilo (15), bem como das professoras Adrilene Souza e Diana Lopes, respectivamente, como semifinalistas nas categorias poema e crônica na Edição 2014 da Olimpíada de Língua Portuguesa “Escrevendo o Futuro”, organizada bianualmente pelo Ministério da Educação, CENPEC e parceiros.

O aluno Carlos Camilo e sua professora, Diana Lopes, participaram da semifinal em Porto Alegre (RS) e a cidade mais uma vez sagrou-se como singular ao lidar com a palavra como matéria de transformação: Camilo e Diana representarão a cidade e o RN na final do gênero crônica, em Brasília (DF) no mês de dezembro.

O Prêmio Construindo a Nação, iniciativa do Instituto da Cidadania Brasil junto com a CNI-SESI , Fundação Volkswagen e apoio nacional do CIEE- Centro de Integração Empresa-Escola e pelo CONSED - Conselho de Secretários de Educação, entre outros apoiadores regionais, aparece nos autos da história do município como selo da competência da educação ao lidar com a formação de leitores. Desde 2010, Ipanguaçu é agraciada com a premiação e instaura-se, portanto, como a única cidade potiguar premiada por quatro anos consecutivos, sendo dois deles com o primeiro lugar.

Em 2010, o projeto escolar “Literatura de Terror: uma visita à elegante essência do medo” foi destaque social dentre os inscritos. Já em 2011, defendendo a literatura popular e regional, a cidade alcançou o primeiro lugar na categoria ensino fundamental com o projeto “Identidade e Voz do povo nordestino na literatura regionalista”. Em 2012, a vez foi da Literatura Brasileira com o 3º lugar na categoria ensino fundamental com o projeto “De Caminha a Lobato: a evolução da literatura brasileira”. Os três projetos premiados partiram da comunidade escolar da EM Adalberto Nobre de Siqueira, no assentamento Tabuleiro Alto. Em 2013, toda a rede foi premiada com as atividades do projeto institucional “Ipanguaçu, Cidade que Lê”, política pública implantada em 2009 com o objetivo de erradicar o analfabetismo funcional e formar leitores competentes e sensíveis.

A premiação foi realizada na tarde do último dia 13 de novembro de 2014, no Auditório Nilson de Sá, SENAI, Mossoró. Estiveram presentes todas as escolas e instituições vencedoras da edição 2013 do prêmio. A caravana ipanguaçuense contou com 75 pessoas, entre crianças, adolescentes e professoras das escolas municipais, contando também com a presença do prefeito da cidade, Leonardo Oliveira, e da secretária de educação, Profª. Jeane Dantas. A cidade foi premiada com o 1º lugar na categoria Políticas Públicas e Privadas, selecionada entre mais de 150 projetos inscritos.

Para o prefeito Leonardo Oliveira, “as últimas conquistas do município só deflagram nosso comprometimento com a educação pública e a formação de leitores. É um compromisso da gestão: investir na transformação, que só ocorre pela educação”. Nas palavras da secretária Jeane Dantas, o Ipanguaçu, Cidade que Lê é a mais importante política pública municipal em defesa do direito à aprendizagem da leitura e da escrita. “Nosso foco é a formação de professoras mediadoras de leitura, que por sua vez atuarão na formação de crianças e jovens leitores De literatura, principalmente”, destaca. 

A professora da EM Adalberto Nobre de Siqueira, Jaiza Lopes Dutra Serafim, destaca que “o importante é que as crianças entendam que a maior justificativa para a premiação é o ato de ler, é valioso que elas percebam que foi o envolvimento delas com o texto literário que as levou à conquista. Premiação, sim. Mas leitura, antes de mais nada”.

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Evento discute políticas públicas para agricultura familiar na região do Assu



Mesa de negociação reunirá agricultores, prefeituras e técnicos com objetivo de negociar soluções para demandas de famílias assentadas na região.

O Centro de Estudos e Assessoria Aplicados ao Desenvolvimento – CEAAD realizará nesta sexta-feira, 14, a I Mesa de Negociação de Políticas Públicas para Agricultura Familiar. O evento acontecerá no IFRN de Ipanguaçu e contará com a presença de prefeitos e secretários dos municípios de Afonso Bezerra, Angicos, Pendências e Ipanguaçu; Conselhos Municipais de Desenvolvimento Rural Sustentável, sindicatos e pólo sindical de Assu além da participação de estudantes do IFRN e cem agricultores familiares de oito assentamentos.

O evento tem como objetivo principal debater soluções para as demandas das famílias assentadas da região. As dificuldades encontradas foram elencadas em colaboração com as famílias a partir de um trabalho de diagnóstico realizado pelo CEAAD nos assentamentos. Entre os temas discutidos estão habitação, acesso à água, infraestrutura e acesso ao crédito. As demandas serão apresentadas e debatidas com o INCRA e em seguida serão formadas mesas de negociação de cada um dos municípios participantes.

Espera-se que essa conversa proporcione melhorias palpáveis na qualidade de vida das famílias. “A reforma agrária não pode se resumir à desapropriação, é preciso que sejam dadas condições para que as famílias possam produzir e viver dignamente de forma sustentável”, afirma Alexandre Lima, coordenador do programa de assistência técnica e extensão rural do CEAAD na região.

Estudante de Ipanguaçu é finalista da Olimpíada de Língua Portuguesa




O estudante Carlos Camilo Batista Vieira, aluno do 9º ano da Escola Municipal Francisco Florêncio Lopes, é um dos finalistas de todo o Brasil no gênero crônica da Olímpiada de Língua Portuguesa (OLP) – Escrevendo o Futuro. O jovem estudante concorreu a meio produções textuais de mais de 5 mil municípios de todo o país. 

O anuncio foi feito nesta última quarta-feira(12) em Porto Alegre, no estado do Rio Grande do Sul (RS), onde estavam reunidos os 125 semifinalistas de todo o Brasil dentro do gênero. Os semifinalistas já tinham sido vencedores das etapas escolares, municipais e estaduais dos respectivos estados, e concorriam à vaga para a grande final.

Carlos Camilo, morador da comunidade de Pataxó, é autor da crônica, “Só entra quem pode". Ele é um dos 38 finalistas que agora participarão da final em Brasília, previsto para dezembro desse ano. O cronista concorre agora como melhor produção textual dentro do gênero crônica de todo o Brasil. Camilo foi orientado pela professora de língua portuguesa, Diana Lopes Bezerra, que o acompanhou nas oficinas regionais no estado do RS. 

Esta é a primeira vez que o município de Ipanguaçu chega a final da Olimpíada. No final de outubro deste ano, o município concorreu ainda no gênero poema com a aluna do 6º ano, Francisca Ilderlânia da Rocha Siqueira, da Escola Municipal Adalberto Nobre de Siqueira, localizada no assentamento Tabuleiro Alto, a aluna foi semifinalista junto com a professora Adrilene Souza com o poema, “Caixinha de segredo. 

Para a coordenadora municipal da OLP na cidade Aloma Farias, é um sonho idealizado, trabalhado e concretizado através de inúmeras mãos, pensamentos, ações. Uma estratégia de motivação que começou em março deste ano com o lançamento Municipal da Olimpíada de Língua Portuguesa na qual protagonizou a caravana das Olimpíadas por todas as escolas da cidade. “Esse momento é de festa. Ouso dizer que foi um marco na história da educação da nossa cidade, ter um de nossos alunos entre as melhores produções do Brasil, não é pra menos à tamanha alegria. Um sonho ver os nossos alunos brilharem, se desenvolverem, crescerem intelectualmente e como pessoas humanas”, relata. 

A Olimpíada é nacionalmente reconhecida e acontece a cada dois anos, promovendo um concurso de textos que premia as melhores produções de alunos de escolas públicas de todo o país. Participam, nesta edição, professores e alunos do Ensino Fundamental nas categorias poema (no 5º e 6º anos); memórias (no 7º e 8º anos); e crônica (do 9º ano e 1º ano do Ensino Médio). A seleção também consiste nas produções de artigos de opinião (no 2º e 3º anos do Ensino Médio).

A ideia da OLP é envolver os alunos na sua realidade local, valorizando sua história e buscando aproximá-los da comunidade em que vivem. Camilo e a aluna Suellém Vitória da cidade de São Gonçalo do Amarante são os únicos potiguares a chegar a final no gênero crônica. 

Segundo o prefeito Leonardo Oliveira, a classificação do município para a final da OLP mostra o potencial dos alunos da rede municipal na produção textual. “Temos profissionais empenhados na colaboração de uma educação de qualidade. Camilo e Diana nos orgulha, bem como outros semifinalistas que chegam tão longe. Nossos parabéns e o desejo de ver nossos alunos fazerem voos ainda mais alto”, destaca. 

O concurso é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) e da Fundação Itaú Social, com coordenação técnica do Cenpec — Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária, a Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro tem como parceiros na execução das ações o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e o Canal Futura.

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

"Ipanguaçu, Cidade que Lê!” conquista primeiro lugar do Prêmio Construindo a Nação



O município de Ipanguaçu é vencedor do Prêmio Construindo a Nação - 2013, a premiação instituída com o objetivo de valorizar e destacar como exemplo ações empreendidas por escolas públicas e privadas, bem como iniciativas de outras instituições de todo o Brasil, estimulando os alunos no diagnóstico e busca de soluções para problemas das comunidades onde as escolas estão situadas. A premiação acontece nesta quinta-feira(13) na cidade de Mossoró. 

A cidade potiguar a 214 km de Natal é vencedora do 1º lugar do prêmio na categoria das Políticas Públicas e Privadas com o projeto “Ipanguaçu, Cidade que Lê!”, criado em 2009 como instrumento de combate ao analfabetismo funcional e à carência de uma política pública concreta e responsável acerca da leitura e do texto literário nas escolas municipais. 

Segundo a secretária de Educação, a professora Jeane Dantas, o projeto tem como principal objetivo oportunizar a educadores e educandos contatos efetivos com o texto literário, a fim de que através da literatura possam ressignificar suas vivências educacionais e seus processos de formação leitora em perspectiva e contexto cidadãos. 

Para Jeane a premiação é o reconhecimento nacional das políticas públicas implantadas no município em busca de concretizar uma educação pública de qualidade. “Continuamos acreditando que a educação transforma o mundo, e para isso precisamos continuar mudando a nossa realidade, incentivando e investindo nas políticas públicas que façam nossas escolas terem uma educação ainda mais eficaz. O prêmio é a prova das lutas diárias de todos os nossos educadores, alunos e do poder público que tem acreditado neste ideal”, destaca. 

O município recebe pelo quarto ano consecutivas o prêmio. Em 2010 a Escola Adalberto Nobre de Siqueira já havia conquistado na categoria Destaque Social com o projeto, "Literatura de terror: Uma visita à elegante essência do medo”, em 2011 a escola ficou em 1º lugar com o projeto “Identidade e voz do povo nordestino na literatura regionalista” e em 2012 conquistou com 4ª Semana de Línguas, com o tema “De Caminha a Lobato: a evolução da Literatura Brasileira” o 3º lugar na categoria “Ensino Fundamental”.

A cerimônia de premiação acontecerá às 14 horas no Auditório José Nilson de Sá – SENAI/CET Ítalo Bologna – Mossoró/RN. Cerca de 75 pessoas, entre eles educadores, estudantes e técnicos da Secretaria Municipal de Educação participarão na solenidade de entrega. O prefeito Leonardo Oliveira e a Secretaria de Educação Jeane Dantas, também confirmam participação na entrega. 

O Prêmio Construindo a Nação é  uma iniciativa do Instituto da Cidadania Brasil em parceria com a Confederação Nacional das Indústrias (CNI), o Serviço Social da Indústria (SESI) e a Fundação Volkswagen. Além disso, conta com o apoio das federações de indústrias e regionais do SESI, além de outros parceiros envolvidos com as temáticas da ONU.

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Ipanguaçuense é um dos semifinalistas no gênero crônica da Olimpíada de Língua Portuguesa

O jovem Carlos Camilo de 15 anos representa o Rio Grande do Norte em meio aos 125 estudantes da semifinal e busca conquistar o titulo de campeão. 

A cada dois anos, professores e alunos de todo o Brasil se inscreve na Olimpíada de Língua Portuguesa – Escrevendo o Futuro, que este ano recebeu milhares de texto de todos os recantos do país. O concurso que é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) e da Fundação Itaú Social busca estimular professores e estudantes a leitura e a escrita nas instituições públicas. O concurso premia as melhores produções de todo o país.

De 10 até o próximo dia 12 deste mês a cidade de Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul, estará reunindo os 125 semifinalistas de todo o Brasil do gênero crônicas. Os semifinalistas foram vencedores das etapas escolares, municipais e estaduais dos respectivos estados, e que agora concorrem à vaga para a grande final. 

Entre esses semifinalistas está um jovem estudante da cidade de Ipanguaçu, município localizado na região do Vale do Açu à 214km de Natal. Carlos Camilo Batista Vieira de 15 anos é estudante do 9º ano do ensino fundamental na Escola Municipal Francisco Florêncio Lopes da comunidade de Pataxó, ele desembarcou no estado do Rio Grande do Sul junto com a professora Diana Lopes Bezerra, orientadora durante a produção do texto. 

Carlos Camilo é autor da crônica, “Só entra quem pode", vencedora de todas as últimas etapas. O jovem representa o Rio Grande do Norte em meio aos 125 estudantes da semifinal, e busca conquistar o titulo de campeão a nível nacional. 

A professora, Diana Lopes, que viaja junto com o aluno Carlos Camilo participará durante os dias de oficinas, palestras e troca de experiências com outros docentes e estudantes. Para ela as expectativas são as melhores, “eu acredito muito no texto de nosso aluno. Para nós ele já é um vencedor, eu sempre acreditei que chegaríamos longe”, destaca.

sábado, 8 de novembro de 2014

Campanha de Vacinação contra a paralisia infantil, sarampo e rubéola

#ATENÇÃO é hora de vacinar as crianças de 06 meses e menores de 5 anos! Então ainda dá tempo, levem os pequenos até o Teatro municipal, vizinho ao  Centro de Saúde Tibúrcio Freire da Silveira e proteja as nossas crianças. Hoje(08) a vacinação segue até  às 17 horas, mas a campanha segue até o dia 28 de novembro em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS). Proteja, participe da Campanha de Vacinação contra a paralisia infantil, sarampo e rubéola. 

www.Ipanguacu.rn.gov.br 
















quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Mobilização da campanha de vacinação contra a paralisia infantil, sarampo e rubéola tem início no sábado


O Ministério da Saúde com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde de Ipanguaçu dá início neste sábado, dia 08 de novembro, o Dia “D” de Mobilização da Campanha de Vacinação contra a paralisia infantil, sarampo e rubéola. 

A campanha é organizada pelo novo Secretário Municipal de Saúde, Tales Alves Praxedes. Segundo ele a campanha busca mobilizar o município para a imunização do público alvo da campanha. “Estaremos com equipes montadas em duas unidades básicas de saúde, para melhor atender as famílias. Convidamos todos a ir até a UBS com o cartão de vacinação em mãos e vacinar as crianças”, destaca. 

O público alvo desta campanha são todas as crianças a partir de 6 meses e menos de 5 anos. A imunização acontecerá na UBS do bairro Ilha Grande e no Centro de Saúde Tibúrcio Freire da Silveira, das 7:30 às 17 horas. 

Tales ainda ressalta que durante a semana todas as UBS onde estão instalados o Programa Saúde da Família (PSF), receberão as vacinas afim de ampliar a imunização. A Campanha segue até o dia 28 de novembro, a meta é imunizar 95% do público alvo.