i

quinta-feira, 26 de março de 2015

Ricardo Motta solicita revitalização do Canal do Pataxó

O deputado estadual Ricardo Motta (PROS) protocolou requerimento solicitando à Secretaria Estadual de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH) a revitalização do Canal do Pataxó, no Vale do Açu. O canal faz a transposição de águas da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves para o rio Pataxó e apresenta diversos vazamentos ocasionando desperdício ao longo dos seus nove mil metros de extensão.

“O problema vem se prolongando há anos, prejudicando centenas de agricultores. O canal ainda atende projetos irrigados em torno de quase três mil hectares”, justificou o deputado Ricardo Motta.

O último orçamento elaborado, ainda em 2011, pela SEMARH para a realização da obra foi de R$ 243 mil. Mas nenhuma ação efetiva foi tomada. Desde então, os problemas só têm se agravado. As comunidades localizadas em Ipanguaçu - de Pau de Jucá, Lagoa de Pedra, Picada, Itú, Porto, Sacramentinho e Japiaçu - são as mais prejudicadas.

Defesa civil diz que situação vem se normalizando em Ipanguaçu


Após atingir a cota máxima de mais de 24 milhões de metros cúbicos de água na última terça-feira, 24, o Açude Público de Pataxó, no município de Ipanguaçu chegou a registrar uma cota da sangria de 50 cm. Nas últimas horas, o reservatório tem registrado diminuição na vazão que passa pela parede. 

A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec) e a Prefeitura vem registrando durante toda essa quinta-feira, 26, a redução do volume de água que passa no leito do rio. Ontem, 25, sete comunidades chegaram a ficar ilhadas e uma das escolas teve que suspender as aulas. 

Segundo o coordenador da Compedec, Genilo Rodriguês dos Santos, o nível da água vem baixando e o acesso para as comunidades de Luzeiro, Cuó e São Miguel já é possível ser feito, mas a água ainda encobre um pouco as pontes. “Sem chuvas nos últimos dias, as águas vem se normalizando, algumas comunidades os efeitos são mais rápidas, mas em outras ainda é necessário usar canoas, como é o caso de Picada”, fala o coordenador. 

Foto: Jeffersson Andrade 
A passagem molhada/ponte que dá acesso as comunidades de Picada, Lagoa de Pedra, Itu e Porto ainda encoberta faz os moradores da área usam as canoas como principal meio de transporte para a travessia do rio. As aulas na escola de Picada ainda continuam suspensas. 

Às 15h de hoje o açude de Pataxó registrava uma lâmina de água de 4 cm. A expectativa segundo a defesa civil é que esse número caia cada vez mais. 

quarta-feira, 25 de março de 2015

Em Ipanguaçu, vazão do Açude de Pataxó diminui mas água deixa comunidades ilhadas

Prefeitura articula acesso as comunidades ilhadas. Momento é estável, mas Defesa civil está em atenção. 

O açude público de Pataxó, localizado no município de Ipanguaçu, vem registrado diminuição no volume da lâmina de água. Segundo dados da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec), que monitora o reservatório, na noite dessa última terça-feira, 24, às 22:50h o açude registrou uma lâmina de água de 50 cm, na tarde de hoje, 25, às 16:15h esse número caiu para 16 cm. 



Segundo o coordenador, Genilo Rodriguês dos Santos, o volume de água que saiu do açude no início da manhã de terça vem chegando em outras regiões do município na manhã dessa quarta. 

Genilo, explica que as águas do açude demoram em média um dia para chegar nas adjacências das comunidades rurais que ficam próximas da zona urbana, como é o caso de sete comunidades, que já apresentam as passagens molhadas/pontes submersas, ficando intrafegáveis para veículos e pedestres. 

Comunidades como São Miguel, Cuó, Luzeiro, Picada, Lagoa de Pedra, Itu e Porto o acesso só é possível através de canoas, que começa a ser disponibilizadas pela Prefeitura. 

video
Com o principal acesso a comunidade de Picada ficou prejudicada, a Secretaria de Educação do município suspendeu as aulas da Escola Nelson Borges Montenegro, devido a impossibilidade dos alunos chegarem até a instituição escolar. Segundo a Secretaria, as aulas serão retomadas na escola, assim que for possível o acesso seguro dos alunos e professores. Em Luzeiro, as aulas ocorrem normalmente, já que todo o corpo educacional residem na própria comunidade. 

Na manhã de hoje na sede da Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social – SEMTHAS, a coordenadoria municipal de Proteção e Defesa Civil voltou a se reuniu com os secretários do governo. A reunião buscou articular os últimos pontos do plano de contingência para quais quer anormalidade, ficando decidido também o acompanhamento do reservatório do município de Angicos, açude na qual deságua para o Pataxó. 

Genilo avalia que, “o momento ainda é de acompanhamento. Não há necessidade das pessoas deixem suas casas. A equipe da Defesa Civil está atenta a todos os pontos de riscos e monitorando o volume de água que sai do açude e passa pelo leito do rio”, afirma. 

Plano de contingência 

No plano está incluindo todo o mapeamento das áreas de riscos do município, como o planejamento dos grupos de atividades coordenadas composta por dirigentes e/ou servidores dos diversos órgãos municipais, além da parceria com diversos segmentos da sociedade organizada e das comunidades, como associação de moradores, ONGs e Igrejas. 

O plano ainda prevê ações de prevenção e socorro para as áreas consideradas vulneráveis, deslocando desabrigados para abrigos seguros, buscando no menor prazo possível restabelecer a situação de normalidade no município.


terça-feira, 24 de março de 2015

Prefeito de Ipanguaçu convoca defesa civil para avaliar riscos após a sangria do açude de Pataxó

Nas últimas horas açude recebeu grande volume de água. Convocação abre trabalhos para execução do plano de contingência.  
Foto: Ronicley Melo//Prefeitura 
As fortes chuvas que caíram sobre a região do Vale do Açu deste esse último sábado, 21, fizeram os açudes do estado atingirem a capacidade máxima, um deles é o açude público de Pataxó, localizado no município de Ipanguaçu, a 214 km de Natal.

O açude que tem capacidade de 24.500.000m³ de água teve a sangria registrada por volta das 8:16 da manhã desta terça-feira, 24. Ao longo do dia o reservatório vem registrando crescimento no volume de água. Isso porque as águas do açude no município de Angicos desaguam para o afluente. 

Foto: Niely Lopes// Cedida 
O prefeito Leonardo Oliveira, convocou uma reunião com todos os secretários, auxiliares e a comissão de Defesa Civil municipal. Reunião aconteceu nessa tarde de terça-feira, 24, na sede da Prefeitura. Na pauta o gestor municipal avaliou a situação que o município vivência nas últimas horas, como também discutiu a execução do plano de contingência contra possíveis inundações.

Ipanguaçu tem sido vítima das águas há décadas, a última cheia registrada foi em 2011. Mesmo com poucos recursos, a Prefeitura realizou no mesmo ano a limpeza do leito do assoreado Rio Pataxó. Os efeitos foram notáveis já que o número de desabrigados em 2011 cairão em 90% do total registrado em 2009. Embora o trabalho tenta reduzir os problemas, naquele ano mais de 160 famílias tiveram que deixar suas casas e mais de 2 mil famílias ficaram isoladas em 13 comunidades rurais, deixando ainda quilômetros de estrada danificadas, além de prejuízos que ultrapassaram os R$ 2 milhões.

Foto: Niely Lopes// Cedida
Segundo o coordenador municipal da Defesa Civil, Genilo Rodrigues dos Santos, o momento agora é estável, e requer atenção em busca de prevenir qualquer outra anormalidade. “Estamos em atenção, porque em menos 72h o açude recebeu um volume de água muito grande, já que ele estava com sua capacidade com menos de 28%. Mas não há alerta algum neste momento. O momento é de acompanhar criteriosamente”, analisa.

Segundo dados do pluviométrico do Instituto Técnica e Extensão Rural (EMATER) instalado no centro da cidade em parceria com a Prefeitura, as chuvas registraram desde o sábado. um volume de água 158,5mm. 

O prefeito Leonardo Oliveira, disse durante a reunião, que o município está à disposição da defesa civil para qualquer eventualidade, e espera que as chuvas que chegam ao município venham amenizar a estiagem dos últimos anos, na qual trouxe prejuízos as famílias do meio rural. “Ficaremos dando toda a assistência a defesa civil, a Secretaria de Assistência Social acompanhará todo esse momento em conjunto com as demais secretarias. As águas que chegam do Rio Pataxó, abastecerá ainda a lagoa de Ponta Grande, na comunidade de Porto, que esta bastante seca, acreditamos que com isso, as águas não venham atingir a cidade”, destaca o gestor. 

Foto: Niely Lopes// Cedida

Até às 16h30h da tarde desta terça, segundo a defesa civil local as águas do açude de Pataxó, registrava uma lâmina de 40 cm. Nesta quarta-feira, 25, a Defesa Civil volta a se reunir durante a manhã na sede da Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social (SEMTHAS).

segunda-feira, 23 de março de 2015

Campeonato tem inicio hoje em Ipanguaçu



A Prefeitura de Ipanguaçu através da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer dá inicio hoje, 22, o V Campeonato de Bairros e Comunidades de Ipanguaçu de Futsal. A atividade esportiva reunirá 28 equipes, que disputam em quatro categorias, pré-mirim, mirim, infantil e adulto - feminino. 

O campeonato segue até o dia 10 de abril, as partidas tem início durante toda a semana a partir das 19:30h no ginásio poliesportivo Pedro Gomes do Nascimento. Ao fim da competição os dois primeiros lugares de cada categoria receberão troféus e medalhas. A entrada é gratuita!

Açude Pataxó: nível elevou 3 metros nas últimas 24 horas


Com as últimas chuvas registradas na região Central do Rio Grande do Norte, o açude Pataxó, no município de Ipanguaçu, vem recebendo um bom volume de água.

Da madrugada deste domingo (22) até a madrugada desta segunda-feira (23), o reservatório já elevou seu nível em três metros. Saiu da cota 24,85 m para a cota 27,85 m. Para acontecer a sangria do açude Pataxó será preciso que o nível eleve em mais 1,19 metro.

Fonte: Samuel Júnior/Foto: Wedson Xavier 

quarta-feira, 18 de março de 2015

Prefeitura de Ipanguaçu dá inicio a aulas gratuitas de dança na praça pública


A Praça de Eventos José Medeiros, no centro do município de Ipanguaçu, que diariamente recebe dezenas de pessoas para a prática da corrida e vôlei, agora também reúne um novo público para o exercício da zumba. Uma nova modalidade que mistura dança e ginástica. 

Ritmos latinos como salsa, merengue, cumbia e reggeeton mistura a dança com exercícios fitness que buscam melhorar a saúde corporal e mental. A iniciativa ganhou espaço aberto através da Prefeitura de Ipanguaçu, as aulas iniciadas nesta terça-feira, 11, contam com a parceria entre as Secretarias de Cultura, Esporte e Lazer. 

Secretária de Cultura e Turismo, Leda Oliveira, fala que as aulas acontecerão três vezes por semana, de forma gratuita onde qual quer pessoa pode participar. “É uma atividade que qualquer um pode participar, homem ou mulher. Essa é uma boa oportunidade para sair do sedentarismo, quem tiver interesse basta ir a praça de eventos durante o horário”, frisa a secretária. 

As aulas acontecem todas as terças, quintas e sábados das 18 às 19h.

Prefeitura de Ipanguaçu promove campanha de doação de sangue em parceria com hemocentro

Diariamente pacientes em centenas de unidades hospitalares precisam de transfusão de sangue. Pesando nisso a Prefeitura de Ipanguaçu através da Secretaria Municipal de Saúde promovem em parceria com o Núcleo de Apoio a Saúde da Família – NASF e o Hemocentro de Mossoró a campanha de doação de sangue no município no próximo sábado, dia 21.


Segundo o secretário de Saúde, Tales Alves Praxedes, classifica que doar sangue é uma atitude necessária, de solidariedade, cidadania e amor. A campanha criada pretende mobilizar toda a população para a doação espontânea, habitual e responsável. “Pretendemos contribuir para despertar do exercício da cidadania e nos tornando agentes transformadores. Foi centrando nessa perspectiva, que observamos a necessidade de trabalharmos juntos o fortalecimento e cultura à doação de sangue em nosso município”, fala o gestor da pasta.

A mobilização doação já acontece durante toda essa semana no município, através dos profissionais de saúde, no sábado o dia “D” de doação acontecerá a partir das 7h da manhã em frente ao Centro de Saúde Tibúrcio Freire da Silveira. 

Para doar é necessário ter peso - de no mínimo - 50 quilos; ter entre 18 e 69 anos. Também podem ser aceitos candidatos à doação de sangue com idade entre 16 e 17 anos, com o consentimento formal do responsável legal.

Não pode doar quem teve diagnóstico de hepatite após os 11 anos de idade; mulheres grávidas ou amamentando; pessoas que estão expostas a doenças transmissíveis pelo sangue como aids, hepatite, sífilis e doença de chagas; usuários de drogas; aqueles que tiveram relacionamento sexual com parceiro desconhecido ou eventual, sem uso de preservativos.


Serviço 
O que: Dia “D” da Campanha de Doação de Sangue;
Quando: Dia 21 de Março – Sábado; 
Onde: Em frente ao Centro de Saúde Tirbúrcio Freire - Rua 23 de Dezembro nº 28, bairro Centro;
Horário: A partir das 7h da manhã.

segunda-feira, 16 de março de 2015

Atividades tem inicio nesta terça


Prefeito de Ipanguaçu sanciona lei que regulamenta repasse do PMAQ aos servidores






Foi sancionado pelo prefeito de Ipanguaçu, Leonardo Oliveira, nesta última semana, a lei que dispõe sobre o Programa de Melhoria do Acesso e Qualidade da Atenção Básica – PMAQ-AB. A nova lei regulamenta o repasse de recursos do programa aos servidores municipais que exercem atividades nas equipes de Estratégia da Saúde da Família (ESF), e Equipes de Saúde Bucal (ESB´s) e Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF).

A regulamentação da lei de n°033/2015 de iniciativa do executivo municipal foi publicada no Jornal Oficial do Município (JOM) na sexta-feira, 13.

O prêmio variável previsto no PMAQ, busca estimular as equipes a desempenharem bons resultados nos programas. Os recursos repassados pelo Ministério da Saúde ao Município de Ipanguaçu, pelo programa, serão rateados entre o município e os servidores caso sejam atingidos metas e resultados alcançados pelas equipes de ESF´s, ESB´s e o NASF. A lei está regulamentada conforme previsto no §2º do art. 8º da Portaria nº 1.654/2011 do Ministério da Saúde.

Segundo o prefeito Leonardo Oliveira, a lei faz parte de um compromisso da gestão com o servidor público, como também de estimular melhores resultados das equipes durantes as atividades na saúde. “É uma luta dos profissionais que estamos atendendo e que esperamos conquistar melhores índices com esse incentivo. A lei regulamenta o repasse aos servidores, como base ao desempenho, em relação aos recursos destinados a Prefeitura, continuaremos a aplicar nas Unidades Básicas de Saúde, a fim de melhorar as condições de trabalho nas unidades”, frisa o gestor.

Na lei sancionada sem vetos, estabelece que os valores sejam rateados conforme desempenho obtido por cada equipe integrante durante o processo de avaliação. Se as equipes tiverem desempenho “regular” terão o repasse de 40% de incentivo financeiro aos servidores das equipes e 60% para o município, caso sejam classificados pelo desempenho “bom” o repasse será de 60% de incentivo financeiro aos servidores das equipes e 40% para o município, se o desempenho for “ótimo” o repasse será de 70% de incentivo financeiro aos servidores das equipes e 30% para o município. 

A lei ainda prevê que em caso o desempenho seja classificado como “insatisfatório”, será suspenso o incentivo financeiro repassado aos servidores da equipe ao município. Os servidores municipais ainda para fazer jus ao recebimento do incentivo financeiro de que trata a lei, só terá esse direito garantido se mensalmente repassar os relatórios estatísticos de procedimentos/atividades executadas, para que possa ser alimentado o Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB), condição obrigatória para a permanência no PMAQ-AB.

quarta-feira, 11 de março de 2015

Prefeito Leonardo Oliveira recebe grevistas da educação

Nos últimos anos a Prefeitura de Ipanguaçu vem investindo, criado e apoiado diversas políticas de valorização da educação básica e dos profissionais da área. Uma das medidas de valorização foi implantação do Plano de Carreira, Cargos e Salários do Magistério Público, além da implantação das eleições diretas para as escolas e o cumprimento do Pino Nacional dos professores.

Após entrarem em greve, uma comissão criada pelo Sindicato dos Servidores Públicos de Ipanguaçu (Sindsep) se reuniu nesta quarta-feira, 11, com o prefeito Leonardo Oliveira, secretária de Educação, Jeane Dantas e o secretário de Administração Abdon Soares. A comissão foi recebida pelo gestor municipal afim de estabelecer o diálogo entre o governo e a categoria.

Em reunião, o gestor falou do ato inesperado do inicio de uma greve sem que o Sindicato abrisse a mesa para as negociações.

Nas discursões a comissão seguida pela presidente do Sindsep, Maria Helena, colocou em pauta as reivindicações da categoria. A proposta é de que os professores passem a ter de 24h para 20h aula, além de melhorias nas condições de trabalho e agilidade nos requerimentos impetrado pelos funcionários.

O prefeito Leonardo Oliveira, falou da recomendação expedida pela Promotoria de Justiça de Ipanguaçu, e que a Prefeitura ao longo dos anos, vem cumprido a lei nas mais diferentes instancias em busca de manter a legalidade entre os poderes.

Ao fim da reunião, ficou estabelecido propostas entre o governo e o sindicato. A Prefeitura por meio a Secretaria de Educação, estudará sobre a carga horária dos profissionais como o impacto financeiro, como dará prosseguimento as demais reinvindicações. 

O gestor deixou claro, ainda, que as escolas municipais vem passando por recuperação da estrutura de forma gradual, e que esse trabalho prosseguirá pelas demais instituições escolares.  Leonardo, solicitou que os professores retornem as salas de aulas, de maneira que os estudantes não sejam prejudicados, e consequentemente o ano letivo.
 
O Sindisep reunirá a categoria nesta quinta-feira, 12, para o repasse dos acordos aos demais professores, após a assembleia a categoria deverá decidir se mantem ou não a greve.

terça-feira, 10 de março de 2015

Prefeitura promove homenagem pelo dia da mulher

 
Ontem (09) a Prefeitura de Ipanguaçu promoveu em conjunto com todas as secretarias a homenagem pelo dia 08 de Março - Dia Internacional da Mulher. Uma programação que contou com sorteio de brindes, café da manhã, palestras, atividades físicas e música ao vivo. As homenagens contou com a presença ainda do Pe. César Bessa, pároco da cidade.
 
Fotos: Aluísio de França 

Prefeito Leonardo Oliveira particpa de seminário com jovens de comunidades ruais






Nos dias 07 e 08/03 Ipanguaçu sediou o I Seminário da Juventude do Meio Rural. No debate ocorrido na Câmara de Vereadores, esteve as políticas públicas para a juventude rural, na educação, esporte e lazer, cultura, meio ambiente sustentável, trabalho e renda.
 
 O encontrou contou com a presença do secretário Estadual de Cultura, Rodrigo Bico, do prefeito Leonardo Oliveira, além das presenças dos prefeitos de Angicos, Junior Batista, de Afonso Bezerra Jackson Bezerra, dos secretários Marcos Marcos Antônio Bezerra (Esporte e Lazer), Jeane Dantas (Educação).
 
A juventude de diversos assentamentos do municípios e de cidades da região integraram as atividades durante o final de semana promovida pelo CEAAD, ATER\INCRA com apoio das prefeituras municipais.