i

terça-feira, 2 de abril de 2013

Prefeitura de Ipanguaçu abre o inicio das atividades do programa para adolescentes



Em busca de investir na formação social e humana dos adolescentes do município, incentivando o aumento da escolaridade, gerando melhores oportunidades de integração social e de ingresso futuro em melhores condições no mundo do trabalho a Prefeitura de Ipanguaçu através da Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social (SEMTHAS) promoveram na manhã desta terça-feira (02) na sede do poder legislativo a abertura do Programa ProJovem Adolescente 2013. 

Durante a abertura a secretária da SEMTHAS, Cristina Oliveira, falou da oportunidade que os jovens terão de criar técnicas para a melhoria da convivência com a família e a sociedade, “orientadores sociais estão à disposição para dar orientações que serão importantes na vida de cada um, tenho certeza que todos saberão aproveitar este momento. E mais uma vez teremos não só adolescentes da cidade incluídos no programa, mais também de comunidades da zona rural de nossa cidade” disse a secretária. 

Layane Patrícia de 15 anos acredita que o ProJovem contribuirá em sua vida na construção de novos conhecimentos, “essa será uma nova etapa na vida de cada um de nós, estou ansiosa para participar do programa, sei que teremos que dar nossa parcela de contribuição para que possamos aprimorar nossos atentos, e melhorar nossas vidas” destaca Layane. 

Este ano quatro coletivos estão sendo abertos que ira atender 120 jovens, sendo dois coletivos na sede do município, um na comunidade de Pataxó e um na Agrovila Olho D’água. O programa destina-se a adolescentes de 15 à 17 anos de idade e faz parte da parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. 

Políticas para as crianças 

E na próxima sexta-feira, dia 05, está marcado a abertura oficial pela Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social do projeto “Ação Criança” que beneficiará 140 crianças com idades entre 07 e 11 anos, que faz parte da política municipal de assistência a criança e ao adolescente.







Nenhum comentário: