i

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Fátima Bezerra admite desejo de ser candidata ao Senado em 2014


fatima DN O PT do Rio Grande do Norte abriu o diálogo político com os aliados e a deputada federal Fátima Bezerra (PT), sua maior expressão eleitoral, admite disputar o cargo de senadora da República. Segundo ela, para 2014 o partido lançou a tática eleitoral que visa eleger, pela primeira vez, um representante para um cargo majoritário estadual. Além disso, a legenda quer manter a cadeira na Câmara dos Deputados e ampliar seus espaços na Assembleia Legislativa, onde hoje há apenas o mandato do deputado estadual Fernando Mineiro, também do PT.
Para a petista, esse é o desejo do PT, inclusive extraído da última reunião do diretório estadual do partido, na última segunda-feira, quando ficou decidido que, diante do quadro de indefinição para as eleições de 2014, a legenda irá buscar os aliados, PDT, PC do B, PSB e PSD, para propor o debate sucessório. Paralelamente, a sigla irá realizar reuniões temáticas e regionais visando discutir os principais problemas do Rio Grande do Norte.
“Não é abrir mão (de estar na chapa majoritária). Este é o nosso desejo. Nós vamos trabalhar nessa direção, de o PT norte-rio-grandense estar na chapa majoritária”, afirmou a deputada, em entrevista concedida ao Jornal de Hoje, na manhã desta terça-feira.
O Jornal de Hoje 

Nenhum comentário: