i

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Deputada vai à Justiça contra programa Pânico na Band

A deputada Erika Kokay (PT-DF), que é vice-presidenta da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal e os representantes do Conselho Distrital de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos levarão nesta quinta (24), ao Ministério Público Federal, uma representação para que se instaure inquérito civil público contra o programa “Pânico na Band’ (que ela chamou pela denominação antiga, ‘Pânico na TV’), informa Cláudio Humberto na sua coluna.
Para o presidente do Conselho de Direitos Humanos, Michel Platini, e para Erika Kokay os quadros “Academia das Panicats” e “Maior Arregão do Mundo”, afrontam a dignidade da pessoa humana na medida em que expõem as dançarinas, bem como os demais funcionários da emissora, a trotes, constrangimentos, torturas, mutilação e outros gestos vexatórios. “Os trotes agressivos e desumanos não foram poucos, inclusive a “panicat” Babi teve seus cabelos raspados ao vivo”, aponta a representação do Conselho.
Robson Pires

Nenhum comentário: