i

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Governo do Estado elaborará projeto voltado para recuperação da estrutura do Canal do Pataxó

Já está entre as prioridades do Governo do Estado para 2012 a execução de um projeto técnico que atenderá à necessidade de completa recuperação da estrutura de concreto do canal que transpõe água do rio Piranhas/Açu para dentro do leito do rio Pataxó, em Ipanguaçu, a fim de assegurar a perenização deste manancial hídrico.

A informação foi revelada pelo secretário estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Gilberto Jales, segunda-feira última, dia 26, durante audiência com o deputado estadual George Soares (PR), em Natal.

O parlamentar procurou o titular da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), na capital do Estado, a fim de cobrar providências para o problema que está sendo verificado há várias semanas.

"Por conta de uma série de rachaduras ao longo da parede do canal a água está perdendo vazão e deixando de abastecer o rio Pataxó e isso já está comprometendo a vida de muitos produtores que precisam da área em suas propriedades e estão vendo o rio secar gradualmente", relatou George Soares.  

Ações devem ser encaminhadas em 40 dias
O deputado George Soares afirma que o secretário Gilberto Jales prometeu emergencialmente ações a fim de sanar parte do problema em no máximo 40 dias.

"O secretário me disse que o Governo do Estado vai liberar recursos para serem feitas estas reformas de emergência nos pontos mais críticos do canal", reiterou o deputado.

Porém, segundo registrou, a notícia mais importante lhe transmitida pelo auxiliar da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) é que a Semarh está debruçada por sobre a realização de estudos que se voltarão para a recuperação integral de todo o empreendimento.

SOLUÇÕES
A revelação do secretário estadual deixou o representante do Vale do Açu na Assembleia Legislativa exultante. "Realmente é uma ótima informação, porque este canal é de fundamental importância para garantir o abastecimento hídrico de todo o setor da várzea do município de Ipanguaçu, além de ser essencial para permitir a sobrevivência do rio Pataxó como um todo", registrou George Soares.

O Canal do Pataxó possui uma extensão total de aproximadamente 3,5 quilômetros. A estrutura está com sérios problemas e também padece com o desvio criminoso de água, fazendo com que muito do precioso líquido se perca pelo caminho.

Fonte: Jornal O mossoroense

Nenhum comentário: