i

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Plebiscito popular para reforma política recebe apoio em Ipanguaçu



Durante toda está semana, de 1º a 7 de setembro todo o país se mobiliza para participar do Plebiscito Popular por uma Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político. Organizado pelas mais diferentes grupos populares a ideia do plebiscito surge após as manifestações de junho do ano passado, quando milhares de pessoas foram as ruas reivindicar melhorias, entre elas a reforma política. 

Em Ipanguaçu, não é diferente, a cidade localizada na região do Vale do Açu está difundindo nos quatro cantos o projeto na qual busca coletar votos pelo sim da reforma política por uma constituinte que reja exclusivamente a política brasileira. 

O estudante da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), André Magri Ribeiro, 22, é um dos integrantes do comitê local. Para o jovem o plebiscito é mais do que oportuno no momento a qual o país vivencia. “Falamos muito em mudar a política, mas agimos passivamente frente a situação. É hora de ter a voz ecoada pelo Brasil inteiro. Se você não está satisfeito com esta política brasileira e este congresso que não nos representa, vote SIM pelo Plebiscito Popular e pela Reforma Política do Brasil”, conta o estudante. 

Em todo o Brasil mais 350 organizações articulam o Plebiscito Constituinte, com a presença de mais de mil comitês populares espalhados em todo território brasileiro. A meta do plebiscito é alcançar 10 milhões de votos. 

“Aqui na nossa cidade estamos disponibilizando 20 urnas. A distribuição ainda continua sendo feita, o objetivo que todas as urnas estejam em pleno funcionamento coletando votos. As urnas votantes também estarão à disposição. No sábado e domingo na praça pública”, reitera. 

Um dos adeptos a reforma política na cidade, é o prefeito Geraldo Paulino. Nesta segunda-feira(01), o chefe do executivo votou em uma das urnas votantes. Para Geraldo, é necessário aperfeiçoar o sistema político e aproximar a sociedade das decisões, “fico feliz em ver nossa cidade participando do plebiscito. A população deve está engajada nos assuntos de interesse do nosso país”, disse. 

Pontos de votação 

Para participar do plebiscito basta ser maior de 16 anos e portar um documento oficial como RG, carteira de habilitação, passaporte, carteira de trabalho, e ir até a urna mais próxima ou votar pelo site, www.plebiscitoconstituinte.org.br.

As primeiras urnas que estão em funcionamento em Ipanguaçu são: Secretaria Municipal de Educação (8h às 13h); Secretaria da Igreja Católica de Ipanguaçu (8h às 13h); Escola Municipal Cecília Pereira dos Santos - Nova Descoberta (7h às 17h30min); Escola Estadual Manoel de Melo Montenegro (7h às 12h e 19h às 22h30); IFRN Câmpus Ipanguaçu (7h às 12h; 13h às 18h e 19h às 22h); Escola Municipal Nelson Borges Montenegro - Picada (7h às 17h30min); Conselho Tutelar (8h às 17h); Assembleia de Deus de Ipanguaçu (19h às 22h) e na Capela de São José Operário - Arapuá (7 às 22h); Escola Municipal Francisco Florêncio Lopes (Pataxó - 7h às 17h30min); Luzeiro/Cuó - Lucas Matheus, da IAJM (7h às 20h); Cohab - Jeane (19h às 22h); Escola Municipal Adalberto Nobre de Siqueira – Tabuleiro Alto (13h às 17h30min). O objetivo é que até sexta entre em funcionamento as urnas nas comunidades de Baldum e Pedrinhas. 

Nenhum comentário: