i

sábado, 5 de outubro de 2013

Marina decide hoje se o caminho é o PPS

marina protestos
Estado de São Paulo - O grupo da ex-senadora Marina Silva discute neste sábado, 5, em Brasília, termos de um acordo eleitoral com dirigentes do PPS para decidir se ela sairá candidata à Presidência pelo partido em 2014.
O grupo de Marina quer que a vice-presidência nacional do PPS seja ocupada por ela, que seria tratada como uma espécie de “candidata avulsa” no partido, com autonomia para conduzir a própria campanha. Esse discurso seria a justificativa para minimizar posições divergentes da Rede com as do PPS.
Dirigentes do PPS e da Rede desembarcaram nesta sexta-feira em Brasília para participar do encontro neste sábado pela manhã. A presença de Marina na reunião ainda é uma incógnita. Marina foi pressionada por empresários que têm financiado seu projeto político de criar um partido a sair candidata. Foi dito a ela que não seria possível ela abandonar um projeto que contou com tantos apoios, inclusive financeiro na sua trajetória para criar a Rede.

Nenhum comentário: