i

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Redução no preço da energia poderá ser ainda maior, afirma presidenta Dilma


A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta terça-feira (11) que a redução na tarifa de energia para consumidores residenciais e industriais poderá ser ainda maior que os percentuais já anunciados. Na última quinta-feira (6), em pronunciamento, a presidenta disse que no início de 2013 os consumidores residenciais terão redução média de 16,2%, e as indústrias, de até 28%. Dilma afirmou que após a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) concluir estudo sobre os contratos de distribuição de energia, a redução na tarifa poderá ser ampliada.
“A partir do início de 2013, os consumidores residenciais vão ter sua conta de luz reduzida em 16,2% e os industriais, entre 19% e 28%. Essa reduções que eu me referi poderão ser ainda maiores quando a Aneel concluir os estudos, em março, e apresentá-los numericamente no que diz respeito aos contratos de distribuição que vencerão entre 2016 e 2017. Portanto, estes números são números que me permitem dizer que eu não estou cometendo nenhum exagero ao afirmar que nós estamos tomando uma medida histórica”, disse.

Nenhum comentário: