i

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Dicas para se dar bem no início da carreira



Ansiedade, entusiasmo e medo são sentimentos comuns que atingem os profissionais após graduarem. O fato de estar formado exige dele uma atenção para alguns aspectos importantes, como a responsabilidade que um diploma traz e suas implicações. Para começar a carreira no primeiro emprego de maneira bem-sucedida confira as quatro dicas a seguir:
1. Mentalidade – Na escola e universidade a palavra trabalho era usada o tempo todo com o sentido de um substantivo. Como por exemplo, na frase, “eu tenho um trabalho para segunda-feira”. No emprego, porém, o significado de trabalho é ação. Não é opcional, como os trabalhos de sua universidade, já que não fazê-los irá custar a sua vaga de trabalho. Pode parecer simples, mas absorver essa mentalidade para dentro de sua rotina exige sacrifício, determinação e objetivos claros. Você não deve simplesmente trabalhar, deve fazer isso por algum sentido maior, que tenha significado para você, de forma que te leve a aceitar novos desafios que o ajudam a crescer profissionalmente.
2. Atitude – Os detalhes mais simples fazem toda diferença no ambiente de trabalho. Isso inclui sorrir para as pessoas, cumprimentá-las sempre, cuidar com as roupas que você usa e também a maneira como reage a conflitos e problemas. Para não errar, preste atenção nos colegas a sua volta e procure se espelhar naquele que considera o melhor exemplo, tanto de postura como de vestimenta. Lembre-se, porém, que essa pessoa também pode errar e que ela deve ser vista apenas como uma referência e não um modelo perfeito.
3. Habilidades – O fato de estar formado não significa que você deve parar de se aprimorar e adquirir novas habilidades. Pelo contrário, procure manter-se sempre à frente, não apenas atualizado, para que quando novas oportunidades surgirem você esteja preparado para aceitá-las.
4. Valorize as conversas – Poucos jovens pensam ou valorizam esse princípio, mas quanto mais refletirem sobre o assunto, melhor irão aproveitá-lo. Conversar com colegas de trabalho mais velhos pode ser uma grande ajuda. Além de oferecer a experiência de coisas positivas, eles também poderão ser exemplo daquilo que você não deve fazer ou evitar. Valorizar a conversa com as pessoas, de todas as idades e cargos, pode trazer lições inesperadas que nenhum diploma proporciona.

Nenhum comentário: