i

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Dados recentes indicam 48 mortes em consequência do Sandy

A falta de energia, as inundações em alguns setores e a queda de árvores causaram os principais danos na área. Em dois dias de passagem do Furacão Sandy pela Costa Leste dos Estados Unidos, os dados ainda estão sendo levantados. Os números mais recentes indicam que 48 pessoas morreram em consequência do furacão, das quais 18 na região de Nova York. A falta de energia, as inundações em alguns setores e a queda de árvores causaram os principais danos na área.

"Foi uma tempestade devastadora, talvez a pior a que assistimos", disse o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg. O furacão segue dos Estados Unidos para o Canadá, depois de ter passado pelo Caribe, onde pelo menos 67 pessoas morreram.

O Hospital da Universidade de Nova York foi obrigado a transferir mais de 200 pacientes, inclusive bebês e crianças, devido à falta de energia e ao fato de o gerador não ter funcionado.


Por Renata Giraldi, Agência Brasil

Nenhum comentário: