i

sábado, 20 de março de 2010

Morte de peixes será investigada no Vale do Açu


Preocupado com o surgimento de vários peixes mortos no leito do rio Piranhas-Açu, o secretário municipal de Meio Ambiente, Francisco de Assis Souto, vai solicitar a realização de uma análise técnica para procurar identificar a causa do problema.

Com este objetivo, ele está oficiando a órgãos tais como o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

O secretário de Meio Ambiente registrou que somente após a realização da análise laboratorial será possível identificar se a morte dos peixes é motivada por alguma questão climática ou consequência de desequilíbrio ambiental ou outro fator qualquer.

Ele registra que foi comunicado por populares da situação e se deslocou até o rio para ver o caso pessoalmente acompanhado do secretário de Serviços Públicos, Samuel Fonseca de Assis.

"Tive a preocupação de ir até o local para vermos in loco o que nos foi relatado para tomarmos as providências que nos são cabíveis", explicou o secretário.

A expectativa de Francisco de Assis Souto é que até a próxima semana haja uma resposta positiva aos expedientes que endereçará às entidades e instituições aptas a promover a análise de laboratório que possa apontar a causa mortis dos peixes.

Por enquanto ele preferiu não emitir qualquer juízo de valor com referência ao assunto, preferindo esperar pelas observações técnicas acerca do episódio.

O secretário de Meio Ambiente adiantou que a adoção imediata dos procedimentos que são de responsabilidade do poder público municipal seguiu uma recomendação do prefeito Ivan Lopes Júnior (PP). 

FONTE: O mossoroense
PUBLICIDADE:

Nenhum comentário: