i

quarta-feira, 8 de abril de 2009

PROGRAMA TERRITÓRIO DA CIDADANIA ESTÁ REALIZANDO OFICINA NO MUNICÍPIO DE IPANGUAÇU

O município de Ipanguaçu está sendo palco desde o dia de ontem de uma oficina de treinamento promovida pelo programa Territórios da Cidadania do Governo Federal, que visa articular políticas públicas de desenvolvimento junto ao governo federal, melhorando o acesso dos municípios, agilizando uma ligação direta com 22 ministérios. O Território da Cidadania Açu-Mossoró, abrange uma área de 8.105,10 Km² e é composto por 14 municípios: Açu, Alto do Rodrigues, Areia Branca, Baraúna, Carnaubais, Grossos, Ipanguaçu, Itajá, Mossoró, Pendências, Porto do Mangue, São Rafael, Serra do Mel e Tibau. A população total do território é de 418.432 habitantes, dos quais 81.462 vivem na área rural, o que corresponde a 19,47% do total. Segundo dados do governo federal o território possui 4.999 agricultores familiares e 6.436 famílias assentadas. A promoção da oficina que começou ontem e será concluída hoje na cidade de Ipanguaçu é da Delegacia do Ministério da Agricultura no estado do Rio Grande do Norte, que tem como delegada substituta Maria Cristina Oliveira. A delegada substituta do órgão federal, falou sobre a programação e seus objetivos.


O Governo do Estado se faz presente nesse projeto através da secretaria estadual de Assuntos Fundiários e Reforma Agrária que foi representada na abertura do encontro pela professora Ana Almeida, dos quadros da secretaria. Ana enfatiza a importancia dessa ação do governo federal e conclama os municípios para que participem de forma mais efetiva no desenvolvimento das ações.


Anfitrião do encontro que reúne representantes dos 14 municípios que fazem parte do Território Assu /Mossoró, o prefeito de Ipanguaçu se disse motivado com iniciativa do governo federal e ver na mesma, uma possibilidade de trabalhar o desenvolvimento no setor rural do seu município.


Já o delegado do Ministério da Agricultura no estado do Rio Grande do Norte, o Professor Hugo Manso, falou da realidade do programa no estado como um todo e também sobre a possibilidade de viabilizar o inicio das atividades na usina de beneficiamento de leite no município do Alto do Rodrigues.


Nenhum comentário: