i

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Ex-prefeito José de Deus é mais uma vez condenado por improbidade administrativa ficando inelegível por oito anos

O Ex-Prefeito de Ipanguaçu José de Deus Barbosa Filho (Zé de Deus), foi mais uma vez condenado a ressarcir o erário público se tornando inelegível por 08 (oito) anos, tendo dessa forma seus direitos políticos cassados pela Justiça Federal do Estado do Rio Grande do Norte.

O ex-mandatário não consegue mais contar o número de processos que o condenaram por improbidade administrativa. O último processo o ex-gestor aparece como líder das licitações irregulares frente à Prefeitura de Ipanguaçu, juntamente com seu cunhado o engenheiro Civil, José Nilton de Medeiros. 

A sentença foi despachada pelo juiz Fabio de Oliveira Bezerra, na qual o ex-prefeito José de Deus figura como condenado no processo n º n º15773920094058401 julgado na 11º Vara da Justiça Federal de Assú. Com isso o ex-gestor terá de pagar multa civil de 10 (dez) vezes o valor do salário que recebia como prefeito, que pode chegar a mais de R$ 100.000,00 (cem mil reais), além de devolver ao erário Público integralmente os valores que foram acrescidos ao seu patrimônio em razão das licitações fraudulentas realizadas em sua gestão, o ex-mandatário, está proibido de participar de qualquer vinculo no poder público direta ou indiretamente durante cinco anos. 

Com isso o sonho de governar novamente o município de Ipanguaçu deverá ser adiado, já que até o ano de 2021 o mesmo não poderá ser candidato a nenhum cargo eletivo. Nas eleições em outubro do ano passado, o ex-gestor colocou a sua esposa Rizomar Barbosa candidata à prefeita pelo PMDB, mas teve seu sonho frustrado já que o Prefeito Leonardo Oliveira conseguiu a reeleição com uma maioria de 1879 (um mil oitocentos e setenta e nove votos) sendo vencedor em todas as urnas eleitorais do município.

Nenhum comentário: