i

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Agência restringe uso de água no rio Piranhas-Açu

Barragem Armando Ribeiro, em Itajá, que represa rio Piranhas-Açu (Acervo/OM))A Agência Nacional de Águas (ANA) definiu calendário com restrições para retirada de água do rio Piranhas-Açu (RN) e dos açudes Curema e Mãe d’Água (PB) que estão, respectivamente, com 34,4% e 33,2% da capacidade de armazenamento, por causa da forte seca.

Desde a última segunda-feira (7), os municípios de Coremas, Pombal, Cajazeirinhas e Paulista, na Paraíba, só podem retirar água para praticar qualquer atividade produtiva, como irrigação e piscicultura, às segundas, quartas e sextas-feiras, no horário da Tarifa Verde.

Já os municípios de São Bento, na Paraíba, e Jardim Piranhas, no Rio Grande do Norte, só podem retirar água do rio Piranhas-Açu às terças e quintas-feiras e aos sábados, também no horário da Tarifa Verde.

A ANA vem monitorando a situação do rio e dos açudes e poderá alterar as regras, se necessário. A Agência Nacional de Águas alerta os irrigantes da região sobre a necessidade de economizar água e luz, irrigando a plantação com os métodos mais eficientes. (Com informações da Caern).

Nenhum comentário: