i

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

‘Não podemos olhar de onde vem o diploma’, diz Dilma, defendendo o Mais Médicos

dilma-reproducao
A presidente Dilma Rousseff afirmou hoje, em Minas, que o governo só passou para a fase de chamamento de médicos estrangeiros porque os profissionais brasileiros que se inscreveram para o programa Mais Médicos não tiveram interesse nas vagas. Em entrevista a duas rádios locais — Educadora Jovem Pan e Globo Cultura AM — a presidente justificou a decisão do governo, bastante criticada pelo setor, dizendo que os médicos brasileiros foram respeitados e priorizados no programa antes de a segunda fase ser iniciada.

— Avaliamos o Brasil e vimos que não temos o número de médicos necessários para atender à população. Tem que ter o médico para atender. Daí porque o Mais médicos. Primeiro tentamos os médicos brasileiros, não tendo, ficou claro que os médicos na primeira fase não foram trabalhar, não todos, uma parte, estamos na segunda fase de solicitar os estrangeiros. Nós tornamos a chamar brasileiros. Não aparecendo, chamamos os estrangeiros — disse a presidente, apontando que 41 médicos foram solicitados pela prefeitura de Uberlândia.

O Globo

Nenhum comentário: