i

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Americano escolhe a Paraíba para superar trauma do 11 de Setembro

20130909-113340.jpgNesta quarta-feira, 11, é lembrado os 12 anos do ataque terrorista aos Estados Unidos, que resultou na queda das duas torres do World Trade Center. O americano Edward Delfino, 48 anos, estava na torre sul, e para superar os traumas da tragédia mora atualmente no litoral norte da Paraíba.
imagemO advogado Edward Delfino estava dentro de uma das torres quando o primeiro avião atingiu a torre norte. Com o impacto, ele desceu os 73 andares do edifício, e na rua viu muita fumaça saindo do prédio, mas não imaginava o que tinha ocorrido. Após alguns minutos ele pode ver o impacto do segundo avião na torre sul: “Ouvi o barulho de um avião se aproximando, e ele entrou no prédio que eu tinha acabado de sair. O barulho foi tão alto que ainda sofro com zumbidos no meu ouvido”.
Edward relata que muitos papeis caíram do céu, e ele viu uma pessoa caindo do edifício. “Eu vi uma pessoa caindo, e ela explodiu no chão como um saco de sangue”.
Testemunhar uma tragédia que matou cerca de 3 mil pessoas deixou traumas no advogado: “É uma memória que não sai da minha cabeça. Em sonhos via minha mãe e meu pai em chamas, e me via caindo do prédio. Foi então que decidi que era melhor sair dos Estados Unidos”.

Nenhum comentário: