i

terça-feira, 30 de abril de 2013

Homenagem


“Oh, pedaço de mim
Oh, metade amputada de mim
Leva o que há de ti
Que a saudade dói latejada
É assim como uma fisgada
No membro que já perdi”

(Pedaço de mim – Chico Buarque)

Ipanguaçu chora a partida prematura de Felipe César para o Reino de Deus.
Chora pela fatalidade, pela sua juventude, pela ausência de seu riso.
Chora pela dor da mãe que perde seu filho único e tão jovem.
Dor parecida com a dor de Maria, mãe de Jesus, consoladora dos aflitos.
Dor de um pai que no mundo só deseja ver a felicidade de seu filho.
Chora um rio de lágrimas, esta cidade que parou e rezou para que ele retornasse com vida, e vida em abundância.
Mas todo pranto se enxugará na certeza que Deus é o Senhor e dono de nosso destino, de nossa vida, de nossa história.
O sol brilhará para sempre no fronte desse filho, enchendo-o com uma paz intangível.
Aceitemos em paz os desígnios do Ser Supremo e continuemos em oração, silêncio e paz!

Nenhum comentário: