i

segunda-feira, 25 de março de 2013

Mensalão do DEM pode ser julgado ainda este ano


A denúncia do Ministério Público Federal contra o ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda deve ser julgada ainda neste ano pelo Superior Tribunal de Justiça, segundo o ministro Arnaldo Esteves Lima, relator da ação. O caso, conhecido como mensalão do Dem, envolve a participação de outras 36 acusados de integrar um esquema de corrupção e recebimento de propina. Arnaldo Lima disse que organizará no gabinete um “pequeno mutirão” para acelerar a análise da defesa dos acusados e elaborar o relatório.
A denúncia atingiu 37 pessoas por envolvimento com o esquema que ficou conhecido como mensalão do DEM no Distrito Federal. O principal denunciado é o ex-governador José Roberto Arruda, que chegou a ser preso quando o esquema foi desvendado e renunciou de seu mandato para não ser cassado. Entre os denunciados, está também o ex-vice-governador do DF Paulo Octávio.
O mensalão do DEM foi descoberto na Operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal. O ex-secretário do Governo do Distrito Federal Durval Barbosa fez um acordo de delação premiada com o Ministério Público e, a partir daí, começou a gravar vídeos em que flagrava políticos de Brasília e integrantes do governo recebendo propinas. Entre eles, estava o próprio Arruda.

Nenhum comentário: