i

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Prefeitura de Ipanguaçu ultrapassa meta do Programa Saúde na Escola



A Prefeitura Municipal de Ipanguaçu através das Secretarias de Educação e Saúde promoveram no inicio desta semana um encontro com os diretores das escolas públicas municipais e estaduais que participaram do Programa Saúde na Escola (PSE), o programa busca integrar as ações desenvolvidas nas escolas e as Equipes de Atenção Básica / Saúde da Família. 

Na reunião aconteceu a entrega dos certificados e relatório final as escolas que participaram, o município atingiu 83% ultrapassando a meta de 2012 que era de 70%, assim firmando a pactuação para 2013. Dos 158 municípios do Rio Grande do Norte (RN) que foram contemplados com o programa, apenas 42 atingiram a meta, entre eles, Ipanguaçu. 

As secretárias de Educação, Jeane Dantas, e de Saúde Sumaira Fonseca, destacam que o município conseguiu desenvolver os cinco eixos de ação, entre eles Educação permanente e capacitação dos profissionais da educação e da saúde e de jovens para o Programa Saúde na Escola; Avaliação das Condições de Saúde; Promoção da Saúde e Prevenção; Monitoramento da Avaliação da Saúde dos Estudantes; Monitoramento e Avaliação do Programa Saúde na Escola. 

Para Jeane Dantas, o município consolida as condições de saúde e prevenção, “O PSE é um grande aliado da educação e das famílias de nosso município, graças a todos os parceiros que trabalharam durante todo o ano, fechamos um ciclo com resultados positivos potencializando o desenvolvimento de nossas crianças, adolescentes e jovens e adultos” disse a secretária. 

Durante todo o ano de 2012 o PSE desenvolveu avaliações clínicas e psicossociais dos alunos, avaliações nutricionais, avaliação da saúde bucal, atualização do calendário vacinal, ações de segurança alimentar e promoção de alimentação saudável, promoção de práticas corporais e atividades físicas nas escolas, prevenção ao uso de álcool, tabaco e outras drogas, promoção da cultura da paz e prevenção das violências, educação para a saúde sexual, reprodutiva e prevenção das DST/AIDS, atendendo a mais de 4 mil alunos das escolas públicas da cidade.

Nenhum comentário: