i

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Olimpíadas: Brasil deixa Londres com 17 medalhas e dois ouros inéditos


Depois de 17 dias de competição, milhares de atletas que disputaram diferentes modalidades nas Olimpíadas de Londres participam da cerimônia de encerramento dos Jogos. Na festa, a pira olímpica será apagada e os organizadores do evento anunciam a cidade-sede dos Jogos Olímpicos de 2016, que serão realizados no Rio de Janeiro.
O Time Brasil deixa Londres com um total de 17 medalhas, ocupando a 22ª posição no ranking geral dos Jogos. O número supera a previsão do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), que esperava alcançar o mesmo resultado de Pequim, em 2008.
Entre as conquistas alcançadas por 57 brasileiros que disputaram sete modalidades, três vitórias representaram ouro, como a da seleção feminina de vôlei e as vitórias de Sarah Menezes, do judô feminino, e de Arthur Nabarrete Zanetti, da ginástica artística masculina.
Os brasileiros também conquistaram cinco medalhas de prata. Entre os segundos lugares, o pugilista Esquiva Falcão divide espaço com as equipes masculinas de futebol, vôlei de quadra, vôlei de praia e natação.
As nove medalhas de bronze foram alcançadas por Adriana Araujo (boxe feminino), Yamaguchi Falcão (boxe masculino), Felipe Kitadai e Mayra Aguiar (judô), César Cielo (natação), Robert Scheidt e Bruno Prada (vela) e Juliana e Larissa (vôlei de praia feminino).
A última medalha conquistada pelo Brasil foi mais um bronze no último dia de competições.  Depois de mais de dez horas de competição, a pernambucana Yane Marques conquistou a medalha inédita no pentatlo moderno. O esporte tradicional nas Olimpíadas, criado em 1912, é dividido em cinco modalidades: esgrima, natação, hipismo e combinado (alternância de corrida e tiro esportivo).
Entre as conquistas brasileiras que ficam marcadas na história do país, estão o primeiro ouro no judô feminino e na ginástica artística masculina, o recorde brasileiro de quatro medalhas no judô e no vôlei, e de três no boxe.

Nenhum comentário: