i

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Número final de eleitores da vigésima nona Zona só será conhecido após término de diligências hoje

Até o dia de hoje, segunda-feira, permanece aberto o sistema cadastral de eleitores na alçada da vigésima nona Zona, que possui sua sede em Assú e tem abrangência por sobre os municípios de Carnaubais, Ipanguaçu, Itajá e Porto do Mangue, em razão de, até esse dia, continuarem as diligências por sobre diversas inscrições eleitorais que estão sendo checadas. O esclarecimento foi prestado pelo chefe do Cartório Eleitoral da vigésima nona Zona, Artur Nascimento Costa. Por essa razão, disse ele, o quantitativo de eleitores apto a votar em 7 de outubro ainda não é o oficial. Entretanto, o chefe do Cartório Eleitoral trouxe a público os indicadores parciais de cada município da jurisdição. Cidade polo da região, Assú abriga o maior contingente de eleitores: 40.741 pessoas.

No município de Carnaubais foram registrados 8.806 eleitores. Ipanguaçu totalizou 13.057 eleitores aptos a participar da eleição municipal que se aproxima. Em Itajá foram registrados 6.892 eleitores. Em Porto do Mangue foram somados 4.893 eleitores. Artur Nascimento confirmou a expansão de eleitores da vigésima nona Zona Eleitoral de 2010 para cá. Em 2010 o total era de pouco mais de 72 mil eleitores nos cinco municípios. Agora, a parcial indica uma soma geral de 74.479 eleitores. Ele declarou que o maior índice de crescimento foi observado nas cidades de Ipanguaçu e Itajá. Por conta disto a Justiça Eleitoral adota o procedimento da diligência a fim de identificar o chamado ‘eleitor sazonal’ – aquele que numa eleição vota numa cidade e em outro pleito é eleitor de outro município. Artur Nascimento explicou que, para estes casos, a Justiça Eleitoral tem o mecanismo da diligência para tentar diminuir a incidência de pessoas que realmente não moram na cidade em que se encontram alistados. 

O chefe do Cartório Eleitoral reiterou que este processo investigativo vai prosseguir até o dia de hoje. Em seguida serão tabulados os números finais de eleitores de cada um dos cinco municípios da vigésima nona Zona Eleitoral. No entanto, advertiu que, mesmo após esse prazo, a eventual localização de eleitores que se enquadrem no perfil dos chamados ‘sazonais’ poderá implicar no cancelamento do título eleitoral. Artur Nascimento disse que, além deste trabalho, o órgão já cuida de outras atividades preparatórias para o processo eletivo de 7 de outubro. Por exemplo, adiantou que, internamente, já foi iniciada a tarefa de análise dos locais de votação em toda a área territorial da vigésima nona Zona. Paralelamente, também está sendo trabalhada a escolha do pessoal que atuará como mesário no dia do pleito. Externamente, destacou Artur Nascimento, a partir deste domingo, dia 10 de junho, inicia-se o calendário para a realização das convenções partidárias. Ele esclareceu que é quando os partidos determinarão seus comitês e seus candidatos nas eleições e, também, as coligações.

Rádio Princesa do Vale

Nenhum comentário: