i

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Defesa Civil coloca municípios em alerta

A proximidade das chuvas em várias regiões do Rio Grande do Norte está fazendo a Defesa Civil estadual se movimentar. O órgão está realizando encontros para deixar os setores de Defesa Civil dos municípios em alerta.

Na última quarta feira, 1°, foi realizada uma reunião com representantes de seis municípios das regiões do Alto Oeste Potiguar e Vale do Assu. Os municípios participantes do encontro, realizado no 2º Grupamento de Bombeiros, situado em Mossoró, foram: Assú, Apodi, Upanema, Pendências, Pau dos Ferros e Mossoró.

De acordo com o Tenente Coronel Josenildo Acioli, Coordenador Estadual da Defesa Civil, o objetivo do encontro foi tratar de assuntos relacionados às medidas preventivas a serem tomadas pelos órgãos estaduais e municipais, em virtude das previsões meteorológicas para os próximos meses.
Na reunião, a Defesa Civil Estadual cobrou dos municípios a apresentação dos planos de ação de cada cidade a serem executados em casos de catástrofes naturais, a identificação e mapeamento das áreas de risco, a indicação de abrigos temporários e os planos de assistência social, psicológica e de saúde desenvolvido por cada prefeitura para casos de possíveis desabrigados. Além disso, o órgão estadual solicitou dos municípios a apresentação da lei de criação da Defesa Civil de cada município e das ações preventivas que estão sendo desenvolvidas pelo poder público dos respectivos municípios.

O vice-prefeito e coordenador da comissão de Defesa Civil de Upanema, Manoel Carlos, informou que o Município está organizando todos os documentos exigidos para o recebimento de ajuda em casos de cheias. "Estamos deixando tudo regularizado para não termos problemas no caso de precisarmos de ajuda emergencial", destacou.

Manoel Carlos disse que a prefeitura já fez o mapeamento de todas as áreas de risco de Upanema, onde se destaca o bairro "Teimosos", onde a água invade dezenas de residências em períodos de inverno rigoroso.

O vice-prefeito ponderou, porém, que Upanema tem a vantagem de contar com a barragem (de Umari) como um termômetro do que pode acontecer. "As nossas ações dependem da barragem. Se o volume de água na barragem começa a aumentar, a prefeitura adota medidas preventivas como preparar as escolas para receber possíveis desabrigados", explicou.

Nesta quinta feira, 2, a Defesa Civil estadual realizou mais uma reunião em Caicó, reunindo municípios da região do Seridó.

Quatro municípios não comparecem
Quatro municípios convidados não compareceram à reunião realizada pela Defesa Civil Estadual realizada em Mossoró. As prefeituras de Ipanguaçu, Macau, Alto do Rodrigues e Guamaré não mandaram representantes para o encontro.

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Ipanguaçu justificou que o comunicado da reunião foi feito por telefone no dia do evento, "não havendo tempo hábil para deslocar o diretor local da defesa civil, Luiz Alberto, em cima da hora".

A assessoria acrescentou que a prefeitura vem adotando medidas preventivas de convivência com as cheias, destacando-se a limpeza do rio Pataxó, cujo assoreamento é responsável pela invasão da água das chuvas em imóveis da cidade.

A reportagem não conseguiu falar com as prefeituras de Macau, Alto do Rodrigues e Guamaré.

Fonte: Jornal De Fato

Nenhum comentário: