i

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Vencedores da Olimpíada de Língua Portuguesa serão anunciados nesta quarta. Estudante de escola pública em Ipanguaçu é um dos finalistas



Nesta quarta-feira (17) o Ministério da Educação (MEC), a Fundação Itaú Social, e a coordenação técnica do Cenpec — Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária anunciam em cerimônia em Brasília os vencedores da 4ª Edição da Olimpíada de Língua Portuguesa - “Escrevendo o Futuro”.

152 estudantes concorrem nas categorias poema, memórias, crônica e artigos de opinião. Cinco de cada gênero terão os textos selecionados como vencedores da OLP 2014. Os estudantes e seus respectivos professores estarão presentes.

De Ipanguaçu, o estudante Carlos Camilo Batista Vieira, aluno do 9º ano da Escola Municipal Francisco Florêncio Lopes, é um dos 38 finalistas no gênero crônico, ele concorre a uma das cinco vagas com os finalistas de todo o país. Camilo participa da cerimônia com a professora de língua portuguesa, Diana Lopes Bezerra, que o acompanhou durante a produção textual, além dela o um primo e a diretora, Paula Magna integram a caravana da final da OLP.

Morador da comunidade de Pataxó, Carlos Camilo de 14 anos é autor da crônica, “Só entra quem pode" que o classificou nas etapas escolares, municipal, estadual e regional. Tímido, mas hábil na escrita, Camilo se mostra contente e esperançoso com a final. A professora Diana não esconde a felicidade, ela que o acompanhou na produção textual em sala de aula, avalia positivamente as conquistas, “quanto mais o tempo passa, e mais obstáculos aparecem me vem à certeza de que conseguiremos mais uma vez. Eu estou confiante”, revela a professora.


A cerimônia terá início às 16h, horário de Brasília, no espaço de eventos na Asa Sul da cidade, na qual será transmitida ao vivo pelo Portal da Olimpíada no endereço eletrônico: www.escrevendoofuturo.org.br. A comunidade escolar de Pataxó acompanhará a solenidade em um telão montado para torcer pelo jovem estudante, primeiro aluno de uma escola publica municipal a chegar à final do concurso nacional. 


Os 20 ganhadores que levarem a medalha para casa, receberá ainda cada professor e cada alunos um notebook e uma impressora. A escola da dupla vencedora será premiada ainda com dez microcomputadores, uma impressora, um projetor multimídia, um telão para projeção, além de livros.

Nenhum comentário: