i

terça-feira, 5 de agosto de 2014

I Fórum Comunitário do Selo Unicef acontece neste quarta em Ipanguaçu



Nesta próxima quarta-feira (06) o município de Ipanguaçu promove o I Fórum Comunitário do Selo Unicef Município Aprovado – Edição 2013/2016. Realizado pelo Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes (CMDCA) e a Comissão Municipal Pró-selo, o fórum conta ainda com o total apoio da Prefeitura Municipal de Ipanguaçu. 

O fórum pretende analisar a caminhada do município no que diz respeito ao tratamento oferecidos aos meninos e meninas de 0 à 17 anos, buscando ainda discutir os problemas, bem como propostas e alternativas para a elaboração do Plano Municipal de Ação, para a proteção integral das crianças e adolescentes. 

Para o articulador municipal do selo, Luis Antonio Tavares de Lira, o momento é importante para incentivar a participação popular no controle social das políticas públicas e fortalecimento dos compromissos dos diversos atores envolvidos na promoção, garantia e defesa dos direitos da infância e da adolescência, “participarão atores sociais importantes para a melhoria e fortalecimento dos indicadores. Órgãos governamentais e não governamentais discutirão juntos os caminhos a serem tomados nos próximos anos, metas e perspectiva para uma positiva evolução”, pontua. 

O ponto de partida dos participantes do fórum será análise da linha de base do município, e o conjunto de indicadores sociais das áreas de saúde, educação e proteção, definido na metodologia do Selo 2009-2012, que foi monitorado pelo UNICEF na qual revela aspectos importantes das condições de vida da infância e adolescência.

O I Fórum está previsto para ter início às 8h na Câmara Municipal de Vereadores. A expectativa é reunir lideranças locais, poder judiciário, associações, grupos religiosos, sindicatos, entre outras organizações da sociedade civil foram convidados a trabalhar durante a construção do plano. 

Conquista
Na última edição do Selo Unicef – 2019/2012, Ipanguaçu conquistou o prêmio em reconhecimento as metas e evolução dos indicadores na qual resultaram em melhorias na vida das crianças e adolescentes da cidade.

Nenhum comentário: