i

sexta-feira, 13 de junho de 2014

Oscar e Neymar garantem vitória na estreia

São Paulo (AE) - Neymar carrega o peso gigantesco de ser a principal esperança do Brasil na Copa do Mundo. Na estreia, nesta quinta-feira, o craque reagiu muito bem à responsabilidade, marcando os dois gols da vitória de virada sobre a Croácia por 3 a 1, no aguardado jogo de abertura do Mundial, pelo Grupo A, no estádio Itaquerão, em São Paulo. Marcelo fez contra logo aos 10 minutos de jogo, Neymar desempatou em um chute de longe, ainda na primeira etapa, e fez o segundo num pênalti duvidoso sobre Fred.

Bruno Turano/Folhapress
Se Neymar abriu o caminho da vitória de virada sobre a Croácia, marcando os dois primeiros gols, coube a Oscar marcar o gol de alívio e desenhar o coração com a mãoSe Neymar abriu o caminho da vitória de virada sobre a Croácia, marcando os dois primeiros gols, coube a Oscar marcar o gol de alívio e desenhar o coração com a mão


Mas ainda melhor que a de Neymar foi a atuação de Oscar. As principais jogadas do time saíram dos pés do meia, o titular que mais corria risco de perder a posição (para Willian) antes da Copa. Oscar criou a jogada do primeiro gol, deu o passe para Fred ser derrubado na área no pênalti do segundo e, de bico, nos acréscimos, fez o terceiro.

A má notícia do jogo é que Neymar acertou uma cotovelada em Modric e levou o cartão amarelo. Se o principal jogador não quiser perder nenhum jogo por suspensão, não pode ser advertido de novo até o fim da Copa. Luiz Gustavo também saiu amarelado.

A seleção agora volta ao Rio e de lá segue para Teresópolis. Na próxima terça, o Brasil pega o México, na Arena Castelão, em Fortaleza, às 16 horas. Já a Croácia enfrenta Camarões na quarta, às 19 horas (de Brasília), na Arena Amazônia, em Manaus

O atacante Neymar chegou à Copa do Mundo de 2014 cotado para ser uma das estrelas do torneio e já em sua estreia no torneio assumiu esta condição. Ele marcou dois gols na vitória do Brasil  sobre a Croácia por 3 a 1, de virada, em Itaquera, e celebrou a boa atuação em seu primeiro jogo no campeonato.

O duelo entre Brasil e Croácia no Estádio de Itaquera foi a abertura da Copa do Mundo de 2014, no Brasil. A Seleção saiu atrás, com gol contra de Marcelo marcado aos dez minutos do primeiro tempo, mas empatou ainda no primeiro tempo, com Neymar. No segundo, o atacante do Barcelona marcou novamente, de pênalti, e Oscar selou a vitória.

"Foi melhor do que eu achava. O que eu esperava era a vitória, e fazer uma estreia em Copa do Mundo com dois gols é uma felicidade muito grande", afirmou Neymar, à TV Globo, logo após a partida.

O primeiro tento de Neymar e também do Brasil na Copa foi anotado em um chute de esquerda, de fora da área. Mesmo sem muita força, o tiro venceu o experiente goleiro croata Pletikosa, que demorou a cair para tentar a defesa e viu a bola acertar o poste antes de ir para as redes.

"Se sempre sair dois gols assim é bom. Saiu mascado, só que é difícil de buscar", disse o atacante do Barcelona. Ele também levou o primeiro amarelo da Copa, em falta dura no primeiro tempo. Como no Mundial a suspensão automática ocorre com dois cartões, o atacante está pendurado para o restante do campeonato. "Não vou ficar com isso na cabeça porque senão é pior", sentenciou.

A vitória deixa o Brasil na liderança provisória do Grupo A da Copa do Mundo de 2014. O próximo compromisso do time comandado por Luiz Felipe Scolari é contra o México às 16 horas (de Brasília) de terça-feira, no Castelão, em Fortaleza. Já a Croácia tenta somar seus primeiros pontos diante de Camarões, na quarta-feira, às 18 horas, em Manaus. 

Ficha técnica
Brasil (3): Julio Cesar; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho (Hernanes) e Oscar; Neymar (Ramires), Hulk (Bernard) e Fred. Técnico: Luiz Felipe Scolari.
Croácia (1): Pletikosa; Srna, Corluka, Lovren e Vrsaljko; Raktic, Modric e Kovacic (Brozovic); Olic, Perisic e Jelavic (Rebic). Técnico: Niko Kovac.
Local: Estádio Itaquerão/ São Paulo 
Árbitro: Yuichi Nishimura (Japão).
Renda e público: não disponíveis.
Gols: Marcelo (contra), Neymar (2), Oscar

Nenhum comentário: