i

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Justiça Eleitoral registrou presença de mais de 80% do eleitorado de Ipanguaçu

No Diário Eletrônico da Justiça Eleitoral desta segunda-feira(14) foi publicado o relatório da revisão biométrica realizada no município de Ipanguaçu, que corresponde a 29ª Zona Eleitoral. A biometria foi instalada no município na sede da Câmara Municipal, durante o período de 17 de Março a 11 de abril.


A revisão do eleitorado teve como objetivo fundamental implantar novo sistema cadastral no qual ficaram registrados dados biométricos dos eleitores, tais como impressão digitais de todos os dedos das mãos e fotografia. Segundo a justiça eleitoral após o cadastramento destes dados, as eleições passarão a ser mais seguras no que se refere à identificação do eleitor, já que praticamente impossível que um eleitor possa votar em lugar de outro a partir de então, além de excluir os eleitores que não possuem vínculos com o município, culminando com a manutenção somente daqueles que comprovaram seu domicílio eleitoral no município. 

Mais de 10 mil títulos foram revisados (82,09%). Mais de 2 mil (17,91) não não compareceram a biometria no município. Foto: Aluísio de França 
O relatório enviado pela Chefe do Cartório eleitoral e assinado pela juíza eleitoral da 29ª Zona, Aline Daniele Belém Cordeiro Lucas, apresentou que dentre os 12.722 (doze mil setecentos e vinte e dois) eleitores obteve o comparecimento de 10.444 (dez mil quatrocentos e quarenta e quatro) eleitores, na qual corresponde a 82,09% do eleitorado, obtendo o resultado ainda da ausência de 2.278 (dois mil duzentos e setenta e oito) eleitores os quais não foram revisados, o que corresponde ao percentual de 17,91%.

Ainda no relatório publicado a juíza instaurou 18 diligencias para fins de comprovação do domicílio eleitoral e/ou vínculo que autorize a permanência no quadro de eleitores no município. 

A revisão biométrica contou com a cessão de servidores da Prefeitura de Ipanguaçu, que foi efetivado por meio de acordo técnico entre o TRE-RN e a municipalidade, além da cessão de servidores de outras Zonas Eleitorais do Estado e da Secretaria do TRE-RN. 

Os mais de 2 mil títulos que não compareceram, terão o registro eleitoral cancelado. Os eleitores que residirem no município e não tiveram o registro efetuado deverão regularizar a situação até o dia 07 de maio no Cartório Eleitoral em Assú, prazo final estabelecido pela justiça eleitoral brasileira. 

Nenhum comentário: