i

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Paraíba salva abelhas da seca com alimentação artificial

20131122-105209.jpgO xarope de água com açúcar é uma fonte de energia para as abelhas. Esta solução, juntamente com outras técnicas, está sendo utilizada para manter a apicultura na Paraíba, conforme informa a Agência Sebrae de Notícias. Essa e outras saídas para a produção de mel durante o período de estiagem são apresentadas durante o 3º Congresso Nordestino de Apicultura e Meliponicultura, que será realizado em Campina Grande (PB), de quarta (20/11) até sexta-feira (22/11).
De acordo com o gestor do projeto de Desenvolvimento Setorial do Agronegócio do Sebrae na Paraíba, Fabrício Vitorino, outra experiência que tem gerado resultados positivos com os apicultores, principalmente os da Várzea de Sousa, é a verticalização de colmeias, uma novidade no Congresso deste ano. “É um manejo de alta produtividade que está sendo difundido na Paraíba. O método foi trazido de Cuba, há um ano, para o Sertão. Quem segue as orientações, está lucrando e não perde abelhas”, diz.
A dificuldade durante a seca, para a abelha, é achar floradas, alimentos dos mais puros para viver. “Conseguimos socorrer as abelhas utilizando alimentação artificial, que é constituída de uma parte de energia, como o xarope de água com açúcar, e de proteína, como o farelo de soja ou trigo”, ressalta Fabrício. Ele explica que os apicultores atendidos pelo Sebrae foram capacitados e são acompanhados por um consultor especialista em apicultura.

Nenhum comentário: