i

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Cristo bota fé nos jovens', diz Papa em discurso ao chegar ao Rio

No percurso de papamóvel, Francisco acenou para os fiéis e beijou crianças. Depois, encontrou-se com a presidente Dilma e cumprimentou autoridades.

Após desfilar no papamóvel pelas ruas do centro do Rio de Janeiro, o Papa Francisco se reuniu com a presidente Dilma Rousseff e autoridades no Palácio Guanabara, sede do governo do Rio. No começo da cerimônia, destinada a 600 pessoas, foram executados os hinos do Vaticano e do Brasil e, em seguida, Dilma fez um discurso dando boa vinda ao pontífice. “É uma honra para o povo brasileiro recebê-lo, honra maior ainda por ser o primeiro papa latino americano”, começou a presidente.

Em sua fala, Dilma destacou o compromisso do papa com as questões sociais. “Sabemos que temos diante de nós um líder religioso sensível aos anseios de nossos povos”, disse a presidente.

Já no seu discurso, em português, o Papa Francisco agradeceu a recepção do povo e das autoridades brasileiras. "Aprendi que para ter acesso ao povo brasileiro, temos que atravessar a porta dos seus corações. Permitam-me que, nessa hora, eu possa bater delicadamente essa porta". Em sua fala, ele se dirigiu várias vezes aos jovens. “A juventude é a janela pela qual o futuro entra no mundo", disse o papa.

Este é o último compromisso oficial do Papa Francisco em seu primeiro dia no Brasil. Em seguida, ele vai seguir para a residência oficial da Arquidiocese do Rio de janeiro, no Sumaré, onde ele vai ficar hospedado.

O pontífice desembarcou às 16h, no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. Em seguida, ele foi até a Catedral Metropolitana do Rio, quando teve o carro cercado por uma multidão de fiéis. Ao chegar na Catedral, ele seguiu no papamóvel, abençoando milhares de pessoas que o esperavam.

Com informações da Tribuna do Norte e G1

Nenhum comentário: