i

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Confecção de roteiro turístico do Vale do Açu é discutida no Sebrae


Potencial turístico do município é identificado pelo SebraePotencial turístico do município é identificado pelo Sebrae
Está no nascedouro um projeto que tem por fim a elaboração de um roteiro turístico englobando quatro municípios da região do Vale do Açu: Assú, Itajá, Ipanguaçu e São Rafael.

Um encontro para definir as ações do trabalho com este objetivo aconteceu na quarta-feira, 19, na sede do escritório regional do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Norte (Sebrae/RN), em Assú.

A reunião, conduzida pela consultora técnica do órgão, Marília Aranha, registrou a participação de representantes das quatro cidades que, em princípio, serão as primeiras contempladas pelo citado roteiro turístico.

“Foi um contato preliminar para iniciarmos todo o processo de construção desse roteiro turístico”, declarou Marília Aranha. “A tarefa não é imediata e será preciso todo um trabalho de mobilização de vários segmentos”, complementou.

Ela revelou que as primeiras ações já se observam há cerca de um mês. Um técnico do Sebrae/RN percorreu alguns setores de cada um dos quatro municípios no que foi a primeira abordagem da proposta.
“O projeto”, registrou a consultora técnica, “vai ser construído ao longo deste ano de 2013”. Ela crê que até o final de dezembro o roteiro turístico já possa ter condições de ser divulgado publicamente na região.

Atividade preparatória já foi encaminhada
Segundo a consultora Marília Aranha, do Sebrae, a atividade preparatória de elaboração do cronograma regional já cumpriu a etapa de identificação de diversos pontos turísticos que serão de grande importância no contexto do roteiro a ser produzido.

“Posso afirmar que é uma região muito rica em termos de potencial turístico”, observou a consultora técnica. O ponto de vista dela é que o roteiro será uma espécie de “abrir portas” para que se conheça os atrativos turísticos da região.

ESTRATÉGIA
Segundo Marília Aranha, inicialmente será trabalhado o projeto com as quatro cidades mencionadas, priorizando-se a composição de pequenos roteiros, mas outros municípios poderão ser inclusos com o decorrer do tempo.

“Primeiro começaremos com roteiros pequenos que são mais fáceis de serem comercializados junto a agências de viagens. Este roteiro será vendido por estas agências que terão a chance de conhecer as cidades e seus pontos turísticos, e elas serão multiplicadoras deste roteiro”, salientou Marília Aranha, otimista com o êxito do projeto.

O Mossoroense

Nenhum comentário: