i

quarta-feira, 8 de maio de 2013

ONG mapeia analfabetismo no RN


Parnamirim e Natal são os únicos municípios potiguares com taxa de analfabetismo abaixo de 10% da população acima de 15 anos de idade. Na outra ponta estão 13 municípios com taxa acima de 33%, ou seja, um em cada grupo de três moradores faixa etária é analfabeta. Além disso, o Rio Grande do Norte ocupa o 23º lugar no ranking nacional, com taxa média de 17,8%.
Os números foram divulgados (7) pelo Observatório da Educação do RN e são uma colaboração às comemorações dos 40 anos do método Paulo Freire, implantado  em Angicos pelo então governador Aluízio Alves. O estudo mostra como o problema foi enfrentado no período de 19 anos, entre 1991 e 2010.
O relatório conclui que essa posição negativa do Rio Grande do Norte na redução do analfabetismo é resultado dos baixos investimentos na educação básica e da ausência de políticas públicas eficazes de combate ao analfabetismo nos municípios. O levantamento mostra que 34 municípios do estado tinham em 2010, segundo os dados do IBGE, taxas de analfabetismo entre 30% e 39%. Além disso, nenhum desses municípios conseguiu decréscimo acima de 49%, quando comparadas as três edições do censo.
analfabetismo RN

Nenhum comentário: