i

terça-feira, 20 de novembro de 2012

ONU pede cessar-fogo imediato na Faixa de Gaza

Israel-x-Palestina
O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, apelou hoje (20) para que os envolvidos nos conflitos na Faixa de Gaza promovam "um cessar-fogo imediato". Os confrontos completam hoje sete dias. "Todas as partes devem impor um cessar-fogo imediatamente. Qualquer nova escalada da situação colocaria toda a região em perigo", disse.
Paralelamente, a embaixadora dos Estados Unidos na ONU, Susan Rice, informou que o governo norte-americano não apoiará uma eventual declaração do Conselho de Segurança sobre o conflito em Gaza que ameace os esforços para um acordo.
Por determinação do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, segue hoje para o Oriente Médio. A ideia é que ela tente mediar o fim do conflito. Hillary tem encontros com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e com o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas.
Em meio aos debates, as autoridades da Rússia disseram que o governo vai propor resolução para um cessar-fogo imediato. Segundo os russos, se não houver acordo entre os 15 integrantes do Conselho de Segurança, será sugerido um texto apelando pelo fim das hostilidades entre Israel e os grupos palestinos na Faixa de Gaza.
Fonte: Lusa/Agência Brasil

Nenhum comentário: