i

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Caern recomenda que população racione o uso da água na cidade


racionar_agua_para_evitar_problemas_futuros
A falta de chuvas vem trazendo uma série de problemas para o país, centenas de agricultores perderam 100% de suas safras, um número bastante elevado de animais tem morrido devido à falta de água para consumo.


No momento os técnicos da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) pedem que a população use o líquido de forma racional, uma vez que a ausência de precipitação pluviométrica está fazendo com que os mananciais de captação baixarem de volume.

Segundo o gerente da Caern de Mossoró, Nehilton Barreto, no município os postos que abastecem a população ainda estão apresentando um nível normal, no momento o que tem gerado preocupação é a barragem de Assú, que vem abastecendo três adutoras.
"Com o tempo, o nível dos poços vai diminuir, já que não tem chuva para abastecê-los. Temos trabalhado em um plano de ação para minimizar os efeitos da estiagem, entre eles estão as obras da adutora do Alto Oeste, que temos planos de colocá-la para funcionar ainda no primeiro semestre de 2013"
Ele complementa dizendo que com a extensão da estiagem pode haver um colapso no abastecimento de água da região.
"A seca e o clima da região estimulam o uso crescente do líquido, o que contribui ainda mais para a redução dos poços. Este ano, ainda não tivemos problemas com a falta de água, o que aconteceu foi a quebra de algumas peças, mas estas já foram consertadas e algumas delas foram trocadas, e já voltamos a abastecer os bairros. Estamos trabalhando para melhorar o fornecimento do líquido na cidade", explicou o gerente.
O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), um dos organismos que acompanham o período de seca no Nordeste, divulgou esta semana que o volume de chuva nas principais bacias da região é o pior em 83 anos.
O gerente de Qualidade do Produto e Meio Ambiente, Afonso Holanda, destacou que a equipe de Educação Ambiental da Gerência de Qualidade da Água e Meio Ambiente (GQM) tem realizado uma série de trabalhos educativos para conscientizar a população.
Entre eles, o "Caern nas Escolas" e ações continuadas de educação ambiental, envolvendo a sociedade de forma participativa, visando sensibilizar a consciência ambiental correta para o uso racional da água.

Fonte: O mossoroense

Nenhum comentário: