i

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Vice-prefeita abdica do direito de postular permanência na chapa em prol de líder do PSB

vera_lucia_barbalhoSem traumas. Assim se processou a mudança de composição na esfera da chapa majoritária governista em Ipanguaçu com vistas à eleição de 7 de outubro.
A atual vice-prefeita Vera Lúcia Barbalho Lopes (PSD) aceitou abrir mão de permanecer na chapa para ceder o espaço ao vereador e presidente do diretório municipal do PSB, Josimar Lopes.

A "costura" política foi toda conduzida pelo esposo da vice-prefeita, o ex-vereador Francisco Geraldo de Paula Lopes, "Geraldo Paulino" (PSD), que, como consequência, herdará as bases eleitorais do dirigente pessebista na tentativa de voltar à Câmara Municipal este ano.

Até então ambos se digladiavam tendo como principal base política o distrito rural de Pataxó. Agora, como fruto do acerto político, Josimar Lopes vai se acomodar como candidato a vice do prefeito Leonardo da Silva Oliveira (PT) e "Geraldo Paulino" buscará um mandato no Legislativo respaldado pelos aliados do dirigente do PSB.

As conversações tiveram outro partícipe: o ex-vice-prefeito Mário Silvério da Costa (PSC). "Mário de Dôncio", como é mais popularmente conhecido, contribuiu na aproximação entre os dois. Ele também confirmou que está associado ao projeto de renovação do mandato de Leonardo Oliveira em Ipanguaçu.

Tanto "Mário de Dôncio" quanto "Geraldo Paulino" consideram o episódio político recém-firmado como fato consumado. As duas lideranças refutaram de forma categórica qualquer possibilidade de recuo. "Este entendimento foi o melhor para Ipanguaçu e para ganhar a eleição", observou o líder do PSC.

"Quem me conhece na política sabe que não sou de voltar atrás depois de anunciar minha posição", reforçou o ex-vereador e marido da atual vice-prefeita. 
Lideranças afirmam que decisão fortalece o governismo local
Diante da decisão as lideranças que formam o grupo governista de Ipanguaçu são unânimes em declarar que o episódio fortalece o grupo liderado pelo prefeito Leonardo Oliveira com vistas ao processo eleitoral de outubro vindouro.
FONTE:O mossoroense

Nenhum comentário: