i

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Cantora Whitney Houston morre aos 48 anos


A cantora e atriz norte-americana Whitney Houston morreu neste sábado (11), aos 48 anos, segundo informações da agência de notícias Associated Press. De acordo com a polícia local, Houston foi encontrada morta em seu quarto, no hotel Beverly Hilton, em Beverly Hills. Não havia sinais aparentes de crime ou violência, declarou um porta-voz da polícia a jornalistas diante do hotel. Segundo Kirsten Foster, assessor da estrela, a causa da morte permanece desconhecida e está sendo investigada.

Segundo a polícia de Beverly Hills, seguranças do hotel fizeram uma ligação de emergência sobre Houston às 15h43 locais (21h43 no horário de Brasília). Uma equipe de paramédicos já estaria no hotel por conta de uma festa do Grammy e teria tentado ressuscitar, sem sucesso, a cantora. Às 15h55, Houston foi declarada morta.

Uma fonte do site de celebridades TMZ.com disse à publicação que a cantora estava na banheira, quando seu corpo foi encontrado pelos paramédicos.

A notícia da morte de Whitney Houston surge na véspera da maior premiação da música mundial, o Grammy, que será realizado neste domingo (12), em Beverly Hills. Um de seus mentores de longa data, o produtor Clive Davis, chegou a afirmar que ela estaria presente à festa e, inclusive, deveria cantar.

Celebrada como “a garota de ouro” da indústria fonográfica entre as décadas de 80 e 90, a carreira de Houston andava ofuscada por problemas com drogas, bebida e violência doméstica.

No final de 2009 e início de 2010, após anos de luta contra a dependência química, ela ensaiou uma fracassada volta aos palcos. Na parte inicial de sua turnê britânica, parecia sofrer com falta de ar quando cantava. Em Paris, chegou a ser hospitalizada com uma infecção respiratória e adiou várias apresentações. Na Austrália, sua passagem foi vaiada por fãs e critica pela imprensa especializada.

Whitney Houston chegou a vender 55 milhões de discos, só nos Estados Unidos. O sucesso a levou da música para o cinema, atuando em filmes como “O Guarda-Costas”, com Kevin Costner, e “Falando de Amor”, dirigido por Forest Whitaker.

Do UOL

Nenhum comentário: