i

domingo, 25 de dezembro de 2011

Projeto experimental voltado para irrigação pode render primeira patente para núcleo do Ifrn no Vale do Açu


Uma pesquisa científica na área de economia de consumo de energia elétrica em projetos de agricultura irrigada poderá se constituir no primeiro registro de patente na instância do campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, Ifrn, com sede na comunidade rural de Base Física, município de Ipanguaçu, região do Vale do Açu. A informação foi transmitida pelo diretor-geral da unidade acadêmica, professor Evandro Firmino de Souza. O dirigente declarou que este trabalho está sendo desenvolvido pelo professor Clayton Maciel, do setor de Informática, e um grupo de alunos/pesquisadores do campus.

O professor Evandro Firmino disse que o projeto em questão representará um sistema inovador e revolucionário que implicará numa redução expressiva no consumo de energia elétrica para quem necessita de irrigação na atividade agrícola. Ele não tem dúvida que o experimento poderá render, brevemente, a primeira patente para o campus do Ifrn local. Evandro Firmino ressaltou que este projeto é uma iniciativa que ainda não existe em lugar nenhum e que está sendo desenvolvido pelos estudantes que estão sendo orientados pelo professor Clayton Maciel. Ele apontou este trabalho como uma das principais novidades na esfera do órgão. Além disso, frisou o professor Evandro Firmino, foi confirmada a criação de dois novos cursos a partir de 2012. Endossou que, na realidade, são dois novos cursos com três categorias distintas. Ele disse que o curso de Meio Ambiente se subdividirá em três módulos: Regular, Subsequente e Tecnólogo em Agroecologia. O Regular é constituído pelo ensino médio integrado ao ensino técnico. O Subsequente será voltado para estudantes que já concluíram o segundo grau e não ingressaram no ensino superior, mas tencionam ter acesso a um curso de nível técnico. O Tecnólogo em Agroecologia que é um curso com característica de terceiro grau cujas atividades começarão já dentro da programação letiva do Ifrn de Ipanguaçu no primeiro semestre de 2012. 

Outra informação repassada pelo diretor-geral do campus do Ifrn, professor Evandro Firmino, dá conta que já foi aprovado e homologado no âmbito do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, CONSEPEX, da Instituição, na capital do Estado, um curso de Especialização em Agricultura que será disponibilizado também pela célula do Instituto na região. Este curso, conforme o dirigente acadêmico, tem como foco principal beneficiar os filhos de colonos instalados em projetos de assentamento de reforma agrária do Vale do Açu e regiões próximas. Adiantou que, para a implementação do curso, a estrutura física do campus passará por algumas reformas para acolher o público-alvo.

Fonte: Rádio Princesa do Vale

Nenhum comentário: