i

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

ESTUDO APONTA QUE RN PODE ENCERRAR 2010 COM MAIOR ÍNDICE DE GERAÇÃO DE EMPREGOS

Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), referentes à geração de empregos nos primeiros meses de 2010, revelam que o Rio Grande do Norte poderá encerrar o ano com uma geração recorde de novos postos de trabalho. No período de janeiro a julho deste ano, o saldo de empregos gerados foi de 11.266 novas vagas, saldo superior a todo o ano de 2009, que totalizou 4.800 vagas. O índice de 2010 já representa 83,3% do que foi gerado em todo o ano de 2008 e 75,1% no caso de 2007, criando expectativas de encerrar este ano com saldo acima dos três últimos anos. Considerando apenas o mês de julho de 2010, o Rio Grande do Norte contabilizou, também, um saldo positivo na geração de empregos. Segundo o CAGED, o Estado registrou, no período, um total de 3.078 novos postos de trabalho gerados. Este é o quinto melhor resultado para o mês de julho no RN, desde que o órgão começou a fazer o levantamento. No mesmo período de 2009, o saldo foi positivo em 2.899 postos.

Ainda de acordo com a pesquisa, o melhor resultado da série para o mês de julho foi observado em 2008, com 4.343 postos, seguido dos anos de 2007, com 3.936 vagas formais, 2006 e 2004, com 3.918 e 3.321 postos, respectivamente. Os setores de atividade econômica que mais se destacaram no mês de julho foram a agricultura, com um saldo de 857 postos de trabalho; a indústria de transformação, como produtos têxtil, alimentos, calçados e metalurgia, com a geração de 723 novos postos. A construção civil também apresentou um saldo relevante: foram 632 novas contratações no período. No cenário nacional, o CAGED indica que, durante o mês de julho de 2010, o Brasil gerou um saldo de 181.796 empregos formais, terceiro melhor resultado para o mês, segundo a série histórica do órgão. O melhor resultado da série foi observado no mês julho de 2008, com 203.218 mil postos.

Fonte: RadioPrincesa.com.br

Nenhum comentário: